Palmela, Sociedade

40 anos a construir Abril no concelho de Palmela

40 Anos a Construir AbrilAs comemorações do 25 de Abril revestem-se, este ano, de especial importância, assinalando o 40º aniversário da Revolução. Entre a festa que a data merece e a reflexão que se impõe, no contexto atual de crise e retrocessos nas liberdades e direitos, a Câmara Municipal de Palmela, as Juntas de Freguesia, o movimento associativo e a comunidade educativa propõem, sob o mote “40 Anos a Construir Abril”, um programa comemorativo alargado, com atividades em todas as freguesias do concelho, que irá ultrapassar as fronteiras do mês e prolongar-se até ao final do ano.

Destaque para o programa central, que integra a sessão solene da Assembleia Municipal, no dia 25, e os espetáculos ”O Cante das Ervas” com Celina da Piedade no Largo José Maria dos Santos, em Pinhal Novo, na noite de 24; “Abril Jazz Mil” da Sociedade Filarmónica Humanitária no Cineteatro S. João, no feriado; e “Qualquer Dia” de Samuel, na Sociedade de Instrução Musical de Quinta do Anjo, no dia 27. “Barrigas e Magriços” é a proposta do Teatro Extremo para 28 de abril, em Águas de Moura. Nas escolas do concelho, a canção/hino “Grândola Vila Morena” será cantada em simultâneo, no dia 24, às 10h30 e 15h30, evocando o sinal que confirmou o início da Revolução. Espetáculos, exposições, teatro, poesia, desporto, palestras e poesia enriquecem o programa global, que chega a todos os pontos do nosso território.

Consulte a programação completa em www.cm-palmela.pt.

 

 

Programa central:

 

24 de abril | 22h00 – Largo José Maria dos Santos (Pinhal Novo)

Celina Piedade – “O Cante das Ervas”

 

25 de abril | 11h00 – Cineteatro S. João (Palmela)

Sessão solene da Assembleia Municipal

 

25 de abril | 21h30 – Cineteatro S. João (Palmela)

“Abril Jazz Mil” – Sociedade Filarmónica Humanitária

 

27 de abril | 17h30 – Sociedade de Instrução Musical (Quinta do Anjo)

Samuel – “Qualquer dia”

 

28 de abril | 10h30 – Espaço Cultural Multiusos (Águas de Moura)

“Barrigas e Magriços” – Teatro Extremo

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *