Educação, Montijo

Educação em debate no Montijo

v encontro professoresNa sessão de abertura do V Encontro de Professores e Educadores de Montijo e Alcochete que decorreu dia 8 de abril, no Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida, o presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, defendeu que “numa sociedade organizada com base no conhecimento é fundamental a formação, a Escola Pública e mais e melhor educação para sermos uma sociedade mais desenvolvida, menos desigual e mais coesa”.

Para o presidente Nuno Canta, “a expansão do ensino e as novas formas de exclusão social voltaram a conceder aos professores um papel crucial no destino de muitas crianças. No entanto, este trabalho é pouco reconhecido pela sociedade e, por isso, enfrentamos o compromisso de resgatar o prestígio social dos professores”.

“Não é legítimo pedir à escola que resolva os problemas sociais e culturais, mas talvez se possa pedir um esforço suplementar no sentido de ajustar as práticas pedagógicas às novas circunstâncias que hoje enquadram a formação das novas gerações. Paralelamente é indispensável garantir condições para que as escolas e os professores não se sintam isolados e impotentes face à magnitude dos problemas com que se deparam dentro e fora da sala de aula”, acrescentou.

José Diogo, adjunto do secretário de estado do ensino e administração escolar, também marcou presença na sessão de abertura onde defendeu que a formação contínua dos educadores e professores é “um instrumento poderoso de desenvolvimento profissional dos agentes de educação tendo em vista a melhoria dos resultados escolares dos alunos, o combate ao abandono escolar e a melhoria das qualificações dos portugueses”.

Para o representante da secretária de estado, o “V Encontro de Professores e Educadores do Montijo e Alcochete é uma oportunidade de apresentação, reflexão e questionamento de boas práticas e, portanto, um momento importante na caminhada para um ensino com mais sucesso, com mais qualidade no sucesso e menos abandono escolar”.

Na sessão de abertura estiveram, ainda, presentes, Marta Paula Alves, diretora do Cenforma – Centro de Formação de Montijo e Alcochete, entidade organizadora do evento, e Susana Custódio, vereadora da Educação da Câmara Municipal de Alcochete.

Durante todo o dia, a comunidade docente de Montijo e Alcochete esteve a debater questões relacionadas com o desenvolvimento profissional dos professores, a escola inclusiva, o sucesso escolar no 1.º ciclo do ensino básico e a necessidade de autoavaliação das escolas como forma de melhorar o ensino.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *