Celorico de Basto

Milhares de pessoas passaram por Celorico de Basto no âmbito da XI Festa Internacional das Camélias

camélias 2014 (2)“Sem dúvida uma festa memorável, com muita gente numa das festas que pretendemos que seja das mais marcantes de Celorico de Basto. Este ano tivemos um programa muito apelativo e uma maior envolvência da população nas atividades sugeridas e promovidas, com a camélia como protagonista”, salientou o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

Celorico de Basto recebeu este fim-de-semana, de 21 a 23 de março, a XI Festa Internacional das Camélias, com várias atividades de destaque voltadas para a camélia com a presença de milhares de pessoas no recinto da festa.

A iniciativa começou na sexta-feira com a abertura oficial da atividade “mostra de vinho verde e doces de Camélia”. Uma iniciativa que veio engrandecer ainda mais a festa das camélias visto tornar-se necessário “aproveitar estes momentos para promover o que melhor caracteriza a região, seja camélias, vinhos, gastronomia, património, arquitetura, etc., na ótica de alavancar o concelho e a região numa prespetiva conjunta de trabalho”, salientou o autarca.

No sábado, 22 de março, foi destaque o programa “Aqui Portugal” da RTP com inclusão de todas as atividades promovidas no âmbito da XI Festa Internacional das Camélias. Com referência à exposição, concurso, com mesas e arranjos florais, mercado, arte e inovação, espantalhos floridos, muros de Camélias, montras, mandalas, varandas e outros coloridos de Camélias, o desfile de Camélias promovido pelo Agrupamento de Escolas, a Santa casa da Misericórdia de Arnoia, a Associação de Solidariedade Social de Basto, a Associação de Solidariedade de Santo André de Codessoso e a Banda de Música de Sta. Tecla, as provas de atletismo e muitas outras atividades. Neste dia, e como habitualmente, foi característica a azáfama matinal das gentes locais, juntas de freguesia, associações, coletividades, instituições de solidariedade e outros, na conclusão dos diferentes materiais expostos. De acordo com o edil celoricense “Esta colaboração das gentes de Celorico de Basto na elaboração dos diferentes materiais e na participação nas diferentes iniciativas dá um brilho especial à iniciativa”.

A XI Festa Internacional das Camélias teve o seu auge no dia 23 de março, com a presença de milhares de pessoas a deambular pelo recinto maravilhadas com os produtos/materiais expostos. Neste dia, destaque para o passeio “Pelas Camélias de Basto” promovido pela associação Basto move.te pelos jardins onde predominam as camélias talhadas, consideradas verdadeiras obras de arte e pela ecopista e os grupos que visitaram a “Vila de Basto” harmoniosamente decorada com camélias. Salienta-se ainda a entrega de prémios a todas as atividades, uma tarefa a cargo do Executivo Municipal. Neste âmbito destacaram-se os arranjos florais e as mesas detalhadamente decoradas com camélias com prémios para Melhor Lote de Flores Camélia de Origem Portuguesa para M.ª de la Salett Coelho e Assunção, Sto Tirso, o Melhor Lote de Flores – Camélia Japónica de flor vermelha para Ana Calo, Espanha, o Melhor Lote de Flores – Camélia Japónica de flor branca para a Casa do Souto, Seidões-Fafe, o Melhor Lote de Flores – Camélia Japónica de cor rosada para a Casa do Casal, Refojos- Sto Tirso, o Melhor Lote de Flores – Camélia Japónica de cor rajada para a Cruz & Assunção, Guimarães, o Melhor Lote de Flores – Camélia reticulata para Abílio Jorge Gonçalves Bastos, Celorico de Basto, o Melhor Lote de Flores – Outras espécies ou híbridos do género Camélia para o Mestre Jardineiro, Amarante. Para o conjunto floral artístico o 1º prémio foi entregue a RibeirO’lival, o 2º prémio à Universidade Sénior e o 3º Prémio foi para a Casa de Mosqueiros, todos oriundos de Celorico de Basto. Destaque ainda para a animação permanente do recinto com música e recitação de poesia.

Recorde-se que a XI Festa Internacional das Camélias promoveu atividades durante todo o mês de março sendo que, no dia 30 de março, no fim-de-semana após a data oficial do certame, todos os visitantes poderão participar numa visita pelos jardins de Camélias e assistir à atividade em jeito de tertúlia designada como “ As ervas aromáticas descobrem o chá”, nos jardins da Quinta do Prado.

Artigo AnteriorPróximo Artigo