Évora, Sociedade

Évora na Bienal de Arquitetura de Veneza

Conferência de ImprensaÉvora é uma das seis cidades que integra a presença portuguesa na 14.ª Exposição Internacional de Arquitetura – La Biennale Di Venezia, de 7 de Junho a 23 de Novembro, tendo como ponto de partida a temática da ligação entre o rural e o urbano, culminando na apresentação de um projeto do arquiteto Miguel Marcelino.

O objetivo centra-se na reabilitação e reconversão dos antigos celeiros como futuro centro cultural, transformando o antigo edifício agrícola, com problemas estruturais, num local moderno e dinâmico, no limite do centro histórico de Évora.

O arquiteto Miguel Marcelino referiu que “o edifício é uma construção centenária com problemas graves de ordem estrutural. O seu exterior é relativamente comum por comparação com o interior, bastante rico e estimulante graças a um complexo sistema de abóbadas e arcos. A proposta parte desta consideração para intervir o mínimo nesse interior, permitindo apenas modernizá-lo e reprogramá-lo enquanto cluster cultural e residência de artistas. No exterior será feita uma intervenção mais profunda que consistirá também na sua reabilitação estrutural. Trata-se de um projeto contemporâneo que criará uma nova imagem que não será nem rutura com o passado nem continuação acrítica”.

A presença portuguesa na Bienal de Veneza é coordenada pela Direção-Geral das Artes e com produção da Trienal de Arquitetura de Lisboa. As linhas mestras da participação nacional foram apresentadas em conferência de imprensa, na Biblioteca Nacional em Lisboa, dia 20 de março, com a participação do Secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, estando presente o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Évora, Eduardo Luciano.

“Homeland | News from Portugal” é o jornal que consubstancia a participação nacional e que de forma inovadora se apresenta ao público, não com um pavilhão nos moldes tradicionais, mas sim com uma publicação composta por três edições gratuitas, em Inglês, com tiragens de 55 mil exemplares cada. Os conteúdos noticiosos deste jornal terão como base uma reflexão cronológica que pretenderá avaliar a evolução da habitação em Portugal, bem como uma reflexão propositiva sobre 6 temáticas tipológicas, subordinadas a projetos arquitetónicos, focados em 6 cidades portuguesas. Para além de Évora, participam nesta bienal as cidades do Porto, de Matosinhos, Loures, Lisboa e Setúbal.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *