Castro Marim, Sociedade

Debate “A Reserva Natural e Castro Marim no contexto atual”

reserva naturalConsciente do elevado interesse biológico e do património ímpar na Europa, que é a Reserva do Sapal de Castro Marim/Vila Real de Santo António com uma área de 2000 hectares, a Câmara Municipal organiza, dia 15 de março, pelas 16.00 horas, um debate subordinado ao tema «A Reserva Natural e Castro Marim no contexto atual», no auditório da Biblioteca Municipal.

A Sessão de Abertura inicia-se às 16.00 horas, com a intervenção do Presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Dr. Francisco Amaral, e do Diretor do Departamento de Conservação da Natureza e das Florestas do Algarve, Arq. José António Pacheco.

Neste debate, que conta com o apoio do Instituto da Conservação e da Natureza e da Floresta ICNF), vão estar em discussão questões como: “A gestão da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e VRSA e a qualidade de vida da população – o contexto atual e perspetivas de futuro”, da responsabilidade da Drª Alexandra Silva do ICNF; “O Plano de Pormenor da Zona de Lazer de Castro Marim”, com a Arq. Cátia Susano, Chefe de Divisão da Unidade Orgânica de Administração Urbanística da Autarquia ou “A sustentabilidade ambiental do sal tradicional no ecossistema da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António”, que terá como orador o Eng. João Geraldo Mendonça Pedro, da Cooperativa Terras de Sal, CRL.

O último dos quatros painéis que integram o debate é dedicado à Aquacultura: “Soluções ecológicas na produção de pescado e bivalves nos esteiros da Carrasqueira e Lezíria em Castro Marim”, o qual será apresentado pelo Dr. André Lima Cabrita, Administrador da empresa Atlantik Fish, Lda.

A Câmara Municipal de Castro Marim entende que esta iniciativa reveste-se de grande importância para perspetivar o futuro da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim/Vila Real de Santo António. Como é sabido, ao longo dos anos, têm existido algumas barreiras à comunicação entre o ICNF, as entidades locais e a população residente, dificultando assim uma gestão harmoniosa e a ausência de políticas efetivas que conduzam ao desenvolvimento de um verdadeiro projeto de turismo ambiental para aquele espaço e, ao mesmo tempo, garantam a conservação da natureza de uma das principais zonas húmidas do país.

Recorde-se que a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim/Vila Real de Santo António está classificada como zona importante natural desde 1975, sendo a primeira reserva natural do país, na qual habitam milhares de aves aquáticas que a elegem como porto de abrigo para aqui nidificar, além de ser um viveiro natural, no qual se reproduzem inúmeras espécies de peixes, moluscos e crustáceos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *