Póvoa de Varzim, Turismo

Póvoa de Varzim: “cada vez mais um destino turístico”

image003A cerimónia do lançamento nacional da Bandeira Azul vai decorrer na Póvoa de Varzim, a 1 de junho. A notícia foi dada por Aires Pereira, Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, na passada sexta-feira à noite, no âmbito de um convívio organizado pelos Concessionários da Praia.

Foi com imensa satisfação que o Presidente do município poveiro anunciou que “noDia Mundial da Criança, será feito na praia da Lagoa, o lançamento nacional das Bandeiras Azuis. Pela primeira vez, será feito no Norte do país, na nossa cidade como prova de reconhecimento do trabalho de todos nós. Somos, sem sombra de dúvida, o concelho que mais bandeiras azuis tem e que tem tido um sentido de responsabilidade exemplar no que diz respeito às questões da Bandeira Azul”, constatou.

Na sua opinião, esta será “uma forma de publicitarmos em todo o país aquilo que de bom temos. Seremos conhecidos no país inteiro como um destino seguro onde as pessoas podem vir a banhos e utilizar as nossas praias”.

Mas as boas notícias não ficaram por aqui. Aires Pereira comunicou ainda que, na sequência da recente Visita do Diretor da Agência Portuguesa do Ambiente, Pimenta Machado, teria sido aprovada “uma verba significativa de2,3 milhões de euros para recuperarmos toda a nossa frente costeira desde a praia da Fragosa até ao limite do concelho na zona de Aguçadoura.

Portanto, nada mais será igual na Póvoa de Varzim no que diz respeito ao acolhimento e às novas áreas balneares, às novas praias e acessibilidades, desde passadiços a zonas de estacionamento.

Esta candidatura, agora aprovada, vai permitir recuperar todas as linhas de água, nomeadamente a zona da ribeira do Esteiro, a zona da Fragosa, as ribeiras que temos ao longo da nossa costa. Isto é a garantia de que vamos continuar a ter bandeiras azuis, e mais bandeiras azuis, e, portanto, temos credibilidade e as nossas praias devidamente credenciadas”, apurou.

“Não estava a espera que fosse possível, em tão pouco tempo, conseguirmos avançar com este projeto”, confessou o Presidente, acrescentando que “esta obra vai dignificar toda a nossa frente de mar e tornar diferente a nossa zona balnear”.

O autarca considera que “poderão surgir novas oportunidades e novas concessões”, avançando que pretende que “a intervenção esteja concluída até junho de 2015” e para efeito “irá começar já este ano pela zona de Aver-o-Mar”.

E a propósito deste caminho de investimento e desenvolvimento trilhado para a nossa cidade, o Presidente da Câmara revelou ainda que tinha fechado o negócio de aquisição da Fábrica A Poveira, sendo esta, “a partir de hoje, propriedade do município”, onde será feito um “Museu do Mar, um novo centro de gastronomia e um local para acolhimento da Lancha Poveira. Ali vai nascer aquilo que é a memória da Póvoa de Varzim”, concluiu.

Aires Pereira agradeceu o reconhecimento feito pela Associação de Concessionários da Praia da Póvoa de Varzim transmitindo que, apesar de não ser responsável pelo Pelouro do Ambiente, agora a cargo de Andrea Silva, “continuo ao leme desta embarcação. Pelo facto de ser presidente de Câmara não aligeirei responsabilidades relativamente àquilo que considero ser a grande galinha dos ovos de ouro do concelho da Póvoa de Varzim: a atividade balnear, a nossa capacidade de receber e de continuar a ser cada vez mais um destino turístico”.

Em representação de todos os concessionários, João Nunes, Presidente da Associação de Concessionários da Praia da Póvoa de Varzim, manifestou gratidão pelo apoio dado por Aires Pereira, transmitindo que “trabalhamos em prol da Póvoa de Varzim e queremos o melhor para a nossa cidade”.

Revelou ainda que foi com enorme felicidade que recebeu a notícia de que acerimónia do lançamento nacional da Bandeira Azul iria decorrer na Póvoa de Varzim, o que considera “um privilégio que transcende o próprio município. Esperemos que traga mais gente e a nossa terra seja falada em todo o país e fora dele”.

Quanto à próxima época balnear, “já ficamos contentes se for tão boa como a anterior. No entanto, se o clima for melhor, mais gente teremos. Somos um destino turístico que precisa de bom tempo”, concluiu.

O Capitão dos Portos de Póvoa do Varzim e de Vila do Conde, Artur Simas Silva manifestou que “estarei disponível para fazermos uma época balnear de tanto sucesso como tem sido, na linha das anteriores”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *