Economia, Tomar

Parque Empresarial de Tomar é a nova vida da Zona Industrial

A Zona Industrial de Tomar chama-se agora Parque Empresarial de Tomar (PET). Muito mais do que uma simples operação de cosmética, esta medida, que surge na sequência do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo recém-criado Tomar Investe, Gabinete de Desenvolvimento Económico do Município de Tomar, é apenas um dos pormenores de um trabalho de fundo que está a ser desenvolvido em articulação com os empresários, para dinamizar e promover as empresas tomarenses. Por isso mesmo, o gabinete começou por efectuar visitas a todas as empresas situadas no PET, auscultando os seus responsáveis e atendendo às críticas e sugestões apresentadas.

Uma das primeiras iniciativas levadas a cabo prende-se com a sinalética. Assim, estão hoje a ser montados três outdoors de grandes dimensões que servem, não só para divulgar o Parque Empresarial, mas também para indicar as empresas que ali estão presentes. Um destes placards fica estrategicamente situado na rotunda do nó da A13, sendo o cartão-de-visita do PET, enquanto os outros dois se situam nas entradas sul e norte da plataforma de negócios, indicando de forma genérica a localização de cada uma das empresas. O objectivo é dar-lhes desde já uma maior visibilidade, embora no futuro se pretenda criar também sinalética mais específica.

Também já em curso está a limpeza de toda aquela zona, nomeadamente com a poda de árvores, corte de ervas e desmatação, que há muito não eram feitos, dando um aspecto descuidado que agora se pretende reverter.

Entre as medidas a implementar com alguma brevidade no Parque Empresarial de Tomar, conta-se a criação de um ponto de encontro, constituído por um posto de abastecimento de combustíveis, loja de conveniência, cafetaria, multibanco e, se possível, uma estrutura de correios. Trata-se de um conjunto de necessidades básicas para uma plataforma da dimensão desta, com cerca de cinquenta empresas, e que agora vai ser uma realidade.

O Município está também a trabalhar no sentido de criar uma bolsa de terrenos para novos investidores (nomeadamente estabelecendo contactos com proprietários de lotes da antiga Zona Industrial que nunca chegaram a instalar as suas empresas), bem como espaços cobertos disponíveis e já infra-estruturados que estão em condições de ser alugados a quem o pretenda.

A autarquia está igualmente em contacto com a AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal), com vista a fazer a promoção e captar futuros investidores além-fronteiras. Com uma centralidade invejável, o PET fica situado em pleno coração de Portugal, a muito curta distância de Coimbra (pela A13) e de Leiria (pelo IC9), e relativamente perto de Lisboa e Porto, bem como da fronteira com Espanha. Servido directamente por um nó da auto-estrada A13, conta também com uma estação ferroviária dentro do próprio parque. Acresce a isto o facto de estar situado num concelho com a qualidade de vida e o simbolismo de Tomar, e com o valor acrescentado de uma instituição de ensino superior, o Instituto Politécnico, que pode ser um parceiro académico e científico de relevo.

Futuramente, o Tomar Investe disponibilizará também toda a informação num portal específico a ser criado para o efeito. Mas pode desde já ser contactado pelo e-mail tomarinveste@cm-tomar.pt ou através do telefone 912 007 577. Em alternativa, os interessados poderão também dirigir-se ao Tomar Simples, balcão de atendimento único do Município, o qual fará a ligação com o gabinete.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *