Educação, Matosinhos

“Arqueologia Vai à escola” chega a 1500 alunos de Matosinhos

A História é de todos. Até de quem não a conhece ou não a viveu na primeira pessoa. Há um património por descobrir e uma identidade a partilhar. E porque o conhecimento não tem idade, a Câmara de Matosinhos, através do Gabinete Municipal de História e Arqueologia, decidiu abrir as portas e levar o património histórico à comunidade escolar.

O projeto “Arqueologia vai à escola” pretende sensibilizar os mais jovens para a preservação e valorização do património, visando também a criação de novos públicos e a preservação da identidade coletiva.

O projeto prevê, por isso, participação dos alunos de todas as escolas do Concelho em várias atividades dinâmicas e criativas, e adaptadas a cada faixa etária e à identidade de cada freguesia.

O resultado das investigações realizadas sobre o património do Concelho é transmitido em contexto de aula e integrado no plano curricular.

Em 2012, mais de 600 alunos dos agrupamentos de escolas Passos José (Guifões), de Leça da Palmeira e de Santa Cruz do Bispo participaram no projeto “A Arqueologia vai à escola”. Em 2013, foram quase 400 os alunos dos agrupamentos de escolas de Matosinhos, Leça da Palmeira e Santa Cruz do Bispo envolvidos nesta experiência.

Já este ano, os alunos do 3º ano das EB1 da Biquinha e da Cruz de Pau receberam a visita dos arqueólogos da Câmara Municipal de Matosinhos que abordaram a evolução do povoamento da pré-história à atualidade nas freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira.

Os temas variam consoante o grau de ensino e adequam-se a cada faixa etária. Assim, aos alunos do 10º ano da EPROMAT, por exemplo, foram referidos aspetos da romanização em Matosinhos.

Os alunos dos 7º e 10º anos da Escola Secundária Augusto Gomes tiveram a oportunidade de participar, além das aulas teóricas sobre as lendas de Matosinhos, em aulas práticas no laboratório do Gabinete Municipal de Arqueologia e História.

Este ano, até ao momento, 371 alunos e 17 professores foram abrangidos por este projeto.

Para breve estão previstas mais 22 sessões na Escola Básica de Matosinhos. Seguem-se as turmas do 8º ano da Escola Básica de Leça da Palmeira.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *