Castro Marim, Sociedade

Câmara Municipal de Castro Marim apoia o restauro dos retábulos da Igreja Matriz de Odeleite

Altar de S MiguelA Câmara Municipal de Castro Marim aprovou, em reunião do executivo, a atribuição de um subsídio de 49 mil euros à Fábrica da Igreja Paroquial de Odeleite, para a conservação e restauro dos retábulos da Igreja da Nossa Senhora da Visitação.

A intervenção a levar a cabo naquele templo é fruto de uma candidatura da Fábrica da Igreja Paroquial de Odeleite ao programa PRODER, para a conservação e restauro dos retábulos da Igreja Matriz de Odeleite.

Os trabalhos a realizar têm um custo de € 108.141,60, cujo início está previsto para o mês de março, e contemplam a conservação e restauro de 3 dos 5 retábulos da Igreja (retábulo de Nossa Senhora do Rosário, São Miguel e São Pedro), considerados urgentes devido ao elevado grau de degradação.

Os retábulos apresentam problemas estruturais e estéticos, designadamente, fendas e fissuras nos suportes de madeira e infestação de insetos, descolagem e abertura de juntas, perda significativa de policromia, estando o conjunto das peças de tal forma degradado que os trabalhos implicarão a desmontagem total das peças, substituição parcial ou, nalguns casos, total dos elementos estruturais.

O projeto da Fábrica da Igreja Paroquial de Odeleite é financiado em 60% pelo Programa PRODER (num total de € 58.818,48), cabendo ao Município custear o investimento não elegível pela candidatura que é de € 49.323,12.

Para a Câmara Municipal de Castro Marim, a obra de conservação e restauro dos altares da Igreja Matriz de Odeleite reveste-se de grande importância, tanto mais que estamos em presença do património religioso mais relevante no concelho, segundo o historiador Francisco Lameira, especialista em história da arte, sendo, ao mesmo tempo, um investimento sólido numa aldeia que encerra um enorme potencial turístico e paisagístico que importa valorizar.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *