Lamego, Sociedade

Mercado Municipal de Lamego vai ganhar nova vida

Mercado_Municipal_LAMEGO2014O Mercado Municipal de Lamego quer voltar a ser um local de referência de abastecimento de produtos frescos no concelho, quando for concluída a intervenção que neste momento está a decorrer e que visa aumentar a sua capacidade de atração. Promovido pela Câmara Municipal de Lamego, o projeto de revitalização e dinamização deste espaço vai dar cumprimento aos requisitos de segurança alimentar legais, reunindo num único piso uma vasta oferta de produtos alimentares de qualidade – carne, peixe, frutas, legumes frescos, flores, pão, enchidos, doçaria -, em particular os de cariz tradicional e regional.

Ao serviço dos lamecenses desde 1981, o Mercado Municipal de Lamego encontra-se em lenta decadência, oferecendo condições pouco apetecíveis para os comerciantes e clientes do concelho. O dia mais forte de vendas é a quinta-feira que coincide com a feira semanal, pelo que neste dia recebe excecionalmente numerosos produtores que encontram aqui um local para escoarem os seus produtos hortícolas e frutícolas. No entanto, há mais de 25 anos que não recebe obras de vulto e existe um numero significativo de espaços votados ao abandono que deixaram de ter qualquer serventia.

Constituído por três pisos, na Av. 5 de Outubro, a remodelação em curso neste edifício incide no piso térreo, onde será concentrada toda a oferta. O conceito inerente à remodelação foi desenvolvido com base no modelo de operação das grandes superfícies, dando primazia ao conforto do cliente. A nova organização deslocalizará as atuais bancas de venda de pescado que serão agrupadas e dotadas de condições de higiene adequadas; haverá novas bancadas para a zona das frutarias e de vendas eventuais e a pequena cafetaria será recuperada e requalificada, dignificando o espaço envolvente. A zona central, agora liberta das bancas de peixe, será reservada para espaço de estar dos clientes e também para pequeno comércio às quintas-feiras e sábados, que garantirá ainda uma maior fluidez na circulação interior. Visualmente mais apelativa e nobre, esta área definirá um eixo condutor para as lojas localizadas na envolvente, desde a entrada principal até à zona das escadas. Serão ainda criados dois outros locais de venda, onde agora existem talhos, que vão oferecer outro tipo de produtos: pão, charcutaria, doçaria e artesanato.

A utilização futura do primeiro piso ainda não está definida. Recorde-se que nas instalações do último piso encontram-se alojadas a Universidade Sénior de Lamego e, desde o início do ano, a Autoridade para as Condições do Trabalho, cedidas, a título gratuito, pela Câmara Municipal.

Apoiada pelo PRODER em 70%, as obras de requalificação do Mercado Municipal de Lamego foram adjudicadas à firma “Edibeiras-Edifícios e Obras Públicas das Beiras Lda”, pelo valor de 187.642,41€, mais IVA. Durante a execução dos trabalhos o mercado não será encerrado.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *