Alcácer do Sal, Cultura, Montijo, Sociedade

Câmara do Montijo impulsiona talento e criatividade

premio conto_1Carolina Vargas da Silva, sob o pseudónimo de Carol Louve, foi a vencedora do primeiro concurso literário “Conto de Natal” com o conto “Bombeiros Voluntários”. A decisão do júri foi revelada numa cerimónia pública, no passado dia 10 de janeiro, no 1.º foyer do Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida.

O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Ribeiro Canta, e o júri do concurso fizeram questão de evidenciar a qualidade do trabalho vencedor, bem como a importância deste género de concursos no desenvolvimento literário e criativos dos cidadãos.

Nuno Ribeiro Canta saudou todos os participantes “pelo mérito revelado e por partilharem connosco a sua escrita, criatividade e histórias de Natal que integraram, certamente, valores tão próprios desta época e tão relevantes no presente como a paz, a harmonia e a solidariedade entre os homens”.

“Faço votos que no próximo concurso tenhamos mais participantes envolvidos, esperando que seja um contributo para desenvolver talentos e impulsionar os hábitos de leitura e de escrita que constituem ferramentas de enorme importância para o nosso desenvolvimento”, acrescentou.

Em representação do júri, Serafina Martins, professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, revelou que a decisão foi consensual e teve em conta, essencialmente, dois critérios: “o domínio de técnicas narrativas e a exaltação, como previsto nas normas do concurso, dos valores da esperança e da solidariedade”.

Sobre o conto vencedor, Serafina Martins afirmou ser uma história “dividida em três partes, três diferentes Natais ligados por uma sequência temporal. É um conto escrito de uma forma sóbria, uma escrita quase seca com frases curtas e pouco adjetivadas”.

O júri decidiu, ainda, atribuir ao conto “Rua de Natal” de Jaime Pires o segundo lugar.

A vencedora foi contemplada com uma estadia de uma noite com pequeno-almoço incluído no Monte da Charca, oferecida por esta unidade hoteleira situada na freguesia de Canha, e por uma coleção de livros editados pela Câmara.

O concurso literário “Conto de Natal” foi promovido pela Câmara Municipal do Montijo, com o objetivo de promover e consolidar hábitos de leitura, de escrita criativa e de expressão literária, estimulando os munícipes a evocar o imaginário natalício e os valores da esperança e da solidariedade.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. Não percebi se todos os participantes, mesmo os excluídos, estiveram presentes na cerimónia. Eu concorri, penso que preenchi os requisitos e nem contactada fui. Mesmo que tivesse sido excluída era de bom tom, terem-me contactado. O ser educado também faz parte da educação!

    PS: tenho o e-mail como prova

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *