Alcoutim, Cultura, Sociedade

Alcoutim festeja Noite de Reis com miúdos e graúdos

Janeiras (2)Em Alcoutim a tradição ainda é o que era e a Noite de Reis foi festejada por miúdos e graúdos. Enquanto em Martim Longo se cantavam as Janeiras de porta em porta, as crianças de Alcoutim encantavam-se com os presentes entregues pelos Reis Magos espanhóis.

Na vila raiana de Alcoutim há muito que as crianças portuguesas assistem, com a ilusão e alegria próprias da idade, ao cortejo dos Reis Magos pelas ruas da povoação vizinha de Sanlúcar de Guadiana. Este ano não foi exceção e os pequenos, acompanhados dos pais, atravessaram o rio para receber os Reis. A Câmara Municipal de Alcoutim incentivou e apoiou este encontro cultural, garantindo a entrega dos presentes pelos Reis Magos e a passagem gratuita do rio a todos os que quisessem aderir a esta festa.

Na aldeia de Martim Longo, um grupo de amigos há já vários anos que sai à rua para cantar e encantar com os tradicionais cânticos das Janeiras. Cantar as Janeiras, ou os Reis, é uma tradição portuguesa que leva uma mensagem de feliz ano novo e a anunciação do nascimento de Jesus. A iniciativa foi organizada pelo Centro Cultural e Recreativo do Laborato e apoiada pelo Centro Paroquial e pela Junta de Freguesia de Martim Longo, levando às diversas povoações da freguesia de Martim Longo a alegria de um dia diferente. O grupo cantou de porta em porta e, em sinal de agradecimento, como manda a tradição, a população ofereceu “as Janeiras”, ou seja, castanhas, amêndoas, nozes, laranjas, aguardente, chouriços, presunto, mais recentemente chocolates, entre outros petiscos regionais.

Este ano a organização ressalvou a participação de um maior número de crianças e jovens, que é um dos objetivos da iniciativa, incentivar as novas gerações a manter as tradições da sua terra, numa contínua afirmação e valorização da identidade local.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *