Oliveira de Azeméis, Sociedade

Oliveira de Azeméis celebra 215 anos da elevação a concelho

No próximo dia 05 de janeiro, Oliveira de Azeméis está de parabéns e comemora image2215 anos da elevação a concelho.
Para assinalar a efeméride, a autarquia preparou um programa diversificado que se estende ao longo do mês de janeiro.
Assim, no dia 04 de janeiro, pelas 16h00, tem lugar na galeria Tomás Costa, na praça da cidade, a inauguração da exposição de pintura intitulada «A minha terra».
A mostra, da autoria do oliveirense José Santos, pretende refletir através de obras feitas a óleo, a visão da terra onde o artista nasceu e vive.
As comemorações incluem, no mesmo dia, a apresentação do livro «Terra de Ninguém», que acontece na Biblioteca Municipal Ferreira de Castro, às 17h00.
Da autoria da escritora Manuela Inês Nabais, «Terra de Ninguém» é «um projeto antigo e um tributo às gentes da raia, à sua raça e à sua vontade indómita que sobreviveu a invasões externas e internas».
No dia seguinte, às 10h00, é o momento do hastear de bandeiras, no largo da República, em frente ao edifício da Câmara Municipal.
Da parte da tarde (16h00), a igreja matriz da cidade será palco da realização do Concerto de Reis, uma parceria com a Academia de Música.
No dia 06 de janeiro, e para encerrar a 6.ª edição do Concurso de Presépios, a Biblioteca Municipal promove, pelas 21h00, o «Serão de Contos e a entrega de prémios aos vencedores do respetivo concurso».
Ainda no âmbito das comemorações dos 215 anos da elevação, o Arquivo Municipal fomenta, entre os dias 03 e 31, a realização da atividade «À descoberta do Foral».
A iniciativa propõe a exploração do Foral, com data de 05 de janeiro de 1799, que eleva Oliveira de Azeméis à condição de vila.
A leitura e a transcrição de tão importante documento, permitirá aos participantes um primeiro contacto com a Paleografia.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *