Cultura, Vale de Cambra

Câmara Municipal de Vale de Cambra na abertura do “Vadia Cambra Fest”

ODSC01029 Presidente da Câmara Municipal de Vale de Cambra marcou presença na abertura oficial do Festival “Vadia Cambra Fest” que decorreu entre 1 e 3 de novembro, apoiando o lançamento de mais um evento que promove a iniciativa local, dando destaque à Música e à Cerveja Artesanal. “Nós temos como meta lançar e dinamizar iniciativas que permitam incentivar a promoção e o empreendedorismo e este é um dos muitos apoios que queremos manifestar. Esperamos que se repita por muito tempo.”, realçou José Pinheiro.
O Concurso de Bandas de Garagem contou pela primeira vez com a organização conjunta da AAC (Associação Académica de Cambra), ACVP (Associação Cultural Vale de Pandora), MCS (empresa de catering) e Essência D’Alma (empresa responsável pela produção e comercialização
da cerveja artesanal Vadia), em parceria com a Câmara Municipal de Vale de Cambra.
Desta organização resultou um festival que reuniu durante 3 dias, no Parque da cidade de Vale de Cambra, um programa musical de excelente qualidade, gastronomia e cerveja Vadia. Nem mesmo a chuva que abençoou o festival nos primeiros dais dias, afugentou a enorme adesão do público. Por ali passaram mais de 1000 pessoas, entre as quais cerca de 400 optaram por almoçar e jantar no espaço do festival, consumindo 750 litros de cerveja Vadia, ao som das 9 bandas que atuaram no palco do Vadia CambraFest, reunindo assim perto de 100 músicos de todo o país.
O dia 1 Novembro, primeiro dia do festival, contou com as atuações de O Manipulador e Peixe:Avião. O Manipulador, brindou o público com uma atuação combinada de música com cenários ilustrados e projeções de vídeo em rede, criando fantásticas imagens 3D. De seguida
Peixe:Avião, cabeça de cartaz, apresentaram temas do álbum sucessor de “Madrugada” de 2010, o 3º álbum de originais, com o mesmo nome da banda. A noite terminou com animação de DJ’s .
A noite de Sábado, 2 Novembro, foi consagrada à grande final do concurso de bandas de garagem CambraFest. A iniciar a noite, actuaram os Song Tailors e Ameiabesta, bandas convidadas pela organização do festival, que abriram “o apetite musical” do público para o que viria de seguida. Da garagem para o palco, o CambraFest trouxe à final 4 bandas vencedoras de 4 eliminatórias. Por ordem de atuação estiveram em palco The Black House of Wolves; Manila; Sangue Lusitano e Al Fujayrah. A elevada performance de todas estas bandas a concurso, tornou árdua a decisão dos jurados. Qualidade que mereceu a atenção do convidado especial deste júri, António Freitas da Antena 3, que reconheceu o talento de todas as bandas.
O prémio máximo foi para The Black House of Wolves – que terão a oportunidade de uma atuação numa varanda Balcony TV, uma entrevista e gravação acústica na IDS Imagem do Som, gravação de single no estúdio Digil, gravação de videoclip por PALMO Produções e elaboração de site por ABE Digital Solutions.
No último dia do festival, 3 Novembro, o Vadia CambraFest trouxe a palco, a banda de música filarmónica de Carregosa, que brindou a assistência com medleys do rock português e internacional, percorrendo temas dos anos 70, 80 e 90.
Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *