Mação, Sociedade

Mação já tem Transporte a Pedido em todas as Freguesias

image004O serviço de Transporte a Pedido foi, em Setembro, alargado a todas as freguesias do Concelho de Mação. A experiência-piloto revelou-se muito positiva e a CIMT alargou o trajecto a todo o Concelho de Mação.

 

Trata-se de uma ação concertada entre a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e a Câmara Municipal de Mação, no âmbito do projeto “Transporte a Pedido no Médio Tejo – Arranque” que decorreu entre janeiro e junho deste ano.

 

Para quem ainda não conhece, é um serviço de transporte público em que o passageiro pode solicitar transporte, mediante reserva prévia da viagem que pretende efetuar, dentro dos oito circuitos disponíveis de ligação à Vila de Mação e que abrangem, agora, todas as Freguesias do Concelho de Mação.

 

 

 

Como funciona?

À semelhança do transporte coletivo regular, o Transporte a Pedido tem circuitos, paragens e horários definidos. No entanto, distinguem-se do transporte regular porque o cliente é que desencadeia a viagem, através do seu pedido para uma central de reservas. Deste modo, as viaturas só efetuam os percursos se, antecipadamente, o serviço tiver sido solicitado e só vão às paragens que tiverem reservas.

As reservas deverão ser efetuadas até às 15h do dia útil anterior ao dia da viagem, através de chamada gratuita para o número 800 209 226. As chamadas são gratuitas e será a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo a assegurar o registo das reservas que forem efetuadas e fornecerá ao operador de transportes o plano de serviços de transporte a efetuar no dia seguinte, discriminando as paragens a servir e os passageiros a recolher em cada paragem. Poderão existir reservas de última hora (reservas feitas após as 15:00h), todavia estas só serão aceites para paragens que já tenham reservas registadas.

Os serviços de Transporte a Pedido poderão ser efetuados por autocarro (de 16 lugares sentados e 7 em pé) ou táxi (de 8 ou de 4 lugares), sendo que os veículos serão facilmente identificáveis através de um dístico referente ao projeto. Também os pontos de paragem estão devidamente assinalados com um poste de cor azul e placa identificativa do serviço.

Os bilhetes referentes aos serviços de transporte serão cobrados viagem a viagem, aquando do embarque no veículo. O bilhete será pago diretamente ao motorista, o qual passará ao passageiro um comprovativo de pagamento. O cliente é levado até ao seu destino final (uma das paragens definidas), podendo o veículo ser partilhado com outros clientes cujas viagens têm um padrão idêntico ou se intercetam.

 

Este serviço de transporte encontra-se muito desenvolvido em França, nos países do norte da Europa (Suécia, Finlândia, Holanda, Bélgica e Alemanha), em Inglaterra e na Itália Setentrional. Pelo contrário, registam-se poucas experiências em Espanha e no Mezzogiorno Italiano, ainda que as estas se tenham vindo a multiplicar.

O Transporte a Pedido no Médio Tejo é um projeto inovador no contexto nacional e pretende ser uma referência importante para a divulgação do transporte flexível para eventual replicação em outros locais do país. Tem por objetivo aumentar a cobertura da rede de transportes coletivos existente, proporcionando uma oferta em áreas e/ou períodos do dia ou ano onde esta oferta não existe ou é deficitária. Na região do Médio Tejo existe potencial para a implementação de sistemas de Transporte a Pedido em todos os concelhos do Médio Tejo, ainda que associados a objectivos distintos.

 

Mais informações sobre este projeto através do número 241360444 (dias úteis, das 09h às 12.30h e das 14h às 17.30h), na Câmara Municipal de Mação ou em http://transporteapedido.mediotejo.pt.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *