Arouca, Sociedade, Turismo

Feira das Colheitas em Arouca

Feira das Colheitas 2013A semente foi lançada à terra. Germinou. Os campos voltaram a ficar verdejantes, e com mais ou menos chuva, com mais ou menos sol, os frutos foram pontuando a vasta paisagem agrícola de Arouca. Agora é tempo de colheita. Tempo de festejar o fim de um ciclo de vida. Tempo de reencontros. Arouca volta a sair à rua para dar vida à Feira das Colheitas. De 26 a 29 de Setembro, a festa é feita à mesa, com o sabor do arouquês bem presente e com a doçaria conventual como sobremesa. Depois, os motivos para a boa disposição não faltam, com exposições, concertos, feiras e, claro, o folclore e a etnografia sempre presentes. Arouca abre-lhe as portas com gosto, de 26 a 29 de Setembro, para a Feira das Colheitas.

 

 

 

MENSAGEM

 

 

Arouca volta a sair à rua para celebrar a colheita. Chega ao fim o ciclo iniciado com a semente lançada à terra, que foi germinando, cuidada pelo agricultor. A planta cresceu, floresceu, deu fruto. A Feira das Colheitas é isto mesmo: a celebração da vida.

 

Saímos à rua, revemos rostos que, muitas vezes, só nesta altura é possível reencontrar. Convivemos como se todos estivéssemos em casa, porque nós arouquenses vivemos esta festa assim. A Feira das Colheitas é algo nosso, que traduz bem a nossa identidade. Que transmite bem a mensagem de que, apesar das contrariedades, apesar das dificuldades, podemos dar uma resposta positiva, e responder à altura.

 

Quando, há quase 70 anos, em plena II Guerra Mundial, Arouca via os seus campos abandonados, a sua etnografia quase esquecida e a sua população a braços com uma crise como nunca havia vivido, o Grémio da Lavoura, na pessoa do seu presidente, António de Almeida Brandão, tomou a dianteira, e avançou com este certame, que rapidamente fez com que os campos voltassem a dar vida a este ciclo, da semente à colheita.

 

Hoje, voltamos a sentir esse fantasma da crise, mas este exemplo, com 70 anos de vida, faz-nos perceber que há vida para além dessa crise, que há respostas firmes que podemos dar, se para isso estivermos disponíveis. A Feira das Colheitas é a prova viva de que é possível prosperar, juntando esforços e estabelecendo um objectivo comum. É isso que celebramos, esse espírito empreendedor, inovador, de preservação da nossa identidade que sempre nos caracterizou.

 

O tecido económico, a inovação, o turismo voltam a dar a conhecer os seus projectos e actividades, na exposição das actividades económicas. O artesanato, cada vez com mais expressividade e qualidade, volta a surpreender. Os produtos do campo voltam a colorir as bancas. A cerca do Mosteiro faz-nos reviver as vivências agrícolas de outrora, mostrando-nos o quanto a agricultura mudou para melhor. Voltam a música, as delícias gastronómicas. É tempo de festa. Festa que só é possível graças ao esforço e dedicação de uma equipa a quem me cabe agradecer e enaltecer o excelente trabalho. Festa que só é possível porque também você nos visita, porque também você vem à rua, porque também você vem tomar parte na festa, visitando as exposições, assistindo aos concertos, provando os petiscos.

 

Agradeço a todos por tornarem esta festa possível. Creio que, todos, ao vivermos a Feira das Colheitas em pleno, honramos Arouca e honramos a memória dos nossos antepassados, que nos deixaram esta mensagem bem clara de que é possível ultrapassar a crise. Bem vindos a Arouca, bem vindos à Feira das Colheitas.

 

José Artur Neves, Presidente da Câmara Municipal de Arouca

PROGRAMA

Dia 26 – Quinta-feira

 

09:30 – Concurso Nacional da Raça Arouquesa (Coorganização da Cooperativa Agrícola de Arouca)

Espaço Anexo à Rotunda do Agricultor

A partir das 16 horas, abertura:

– Feira das Atividades Tradicionais de Arouca – Avenida 25 de Abril

– Feira dos Produtos Regionais – Avenida 25 de Abril

– Feira de Artesanato Internacional – Rua do Mercado

– Feira de Artesanato da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte – Alameda D. Domingos de Pinho Brandão

-Tasquinhas – Parque Municipal

– Feira dos Produtos do Campo – Frente ao Parque Municipal

– Exposição de Pintura “Para Além da Medicina”- Biblioteca Municipal

 

– Exposição de Fotografia “Feira das Colheitas – Retrospetiva Fotográfica”– Museu Municipal

– Exposição de Escultura “Para Além da Medicina” – Museu Municipal

– Exposição de Máquinas Agrícolas – Frente ao Museu Municipal

– Vivências Agrícolas – Cerca do Mosteiro de Arouca

– Exposição de Gado – Cerca do Mosteiro de Arouca

– Exposição das Atividades Económicas – Pavilhão da Escola Secundária de Arouca (Coorganização da AECA)

16:00 – Desfile de Gado

Ruas da Vila

 

22:00 – Concerto: QUIM BARREIROS

Praça Brandão de Vasconcelos (Palco 1)

Dia 27 – Sexta-feira

12:30 – Almoço-Convívio entre os Sócios da Cooperativa Agrícola de Arouca, com Distribuição dos Prémios dos Diversos Concursos (Org.: Cooperativa Agrícola de Arouca)

Restaurante Local

 

15:00 – Concurso da Broa “A Melhor Broa Caseira 2013”

Cerca do Mosteiro de Arouca

 

16:00 – Encontro de Empreendedorismo “Colher Empreendedores” Org.: GIP de Arouca

Pavilhão da Escola Secundária de Arouca

 

18:00 – Concurso/Prova do Vinho Verde de Arouca

Pátio Interior do Mosteiro de Arouca

 

21:00 – Encontro de Concertinas

Praça de Brandão de Vasconcelos (Palco 1)

 

22:00 – Concerto de Música Tradicional: RONDA DOS QUATRO CAMINHOS com a Participação Especial do Cultural, Recreativo e Desportivo de Santa Maria do Monte e do Grupo Etnográfico de Moldes de Danças e Corais Arouquenses

Terreiro de Santa Mafalda (Palco 2)

 

23:00 – CANTARES AO DESAFIO –  Com o Duo Adília Ribeiro e Américo Silva

Com o Duo Maria do Carmo e Domingos Soalheira

Praça Brandão de Vasconcelos (Palco 1)

 

 

Dia 28 – Sábado

 

08:00 – Feira Tradicional

Espaço da Feira Quinzenal

 

09:30 – Torneio Interassociações de Jogos Tradicionais

Cerca do Mosteiro

 

14:30 – Passeio Colheitas BTT 2013 (Org.: BTT AROUCA)

Local de Concentração: Praceta das Laranjeiras

 

15:00 – Concerto pelas Bandas Musicais de Arouca e de Alvarenga

Praça Brandão de Vasconcelos (Palco 1)

 

15:00 – Chega de Carneiros (Coorganização da Cooperativa Agrícola de Arouca)

Espaço Anexo à Rotunda do Agricultor

 

15:30 – Chega de bois (Coorganização da Cooperativa Agrícola de Arouca)

Espaço Anexo à Rotunda do Agricultor

 

21:30 – Concerto pelas Bandas Musicais de Arouca e de Figueiredo

Praça Brandão de Vasconcelos (Palco 1)

 

22:00 – Desfolhada, seguida de Baile com os “FINFAS DE NESPEREIRA”

Cerca do Mosteiro de Arouca

 

22:00 – Espetáculo de Rua “O Sonho” pelo Teatro Experimental de Arouca

Parque Municipal

 

23:00 – Concerto: OS AZEITONAS

Terreiro Santa Mafalda (Palco 2)

 

00:35 – Espetáculo Piromusical

Junto ao Edifício dos Paços do Concelho                      

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                      Dia 29 – Domingo

 

11:15 – Missa (Org.: Cooperativa Agrícola de Arouca)

Igreja do Mosteiro de Arouca

 

14:00 às 20:00 – Programa da SIC em Direto “Portugal em Festa”

Terreiro de Santa Mafalda

 

15:00 – Desfile Etnográfico com Carros de Bois e Cortejo de Açafates

Ruas Centrais da Vila

 

15:30 – Atuação de Ranchos Folclóricos:

– Infantil da A.C.R. de Mansores

– Casa do Povo de Alvarenga

– Provisende

– As Lavradeiras de Canelas

– As Lavradeiras de Mosteiro

Praça Brandão de Vasconcelos (Palco 1)

 

21:30 – Desfile e Atuação de Ranchos Folclóricos:

– Casa do Povo de Arouca

– Etnográfico de Moldes

– Lourosa de Matos

– Fermêdo e Mato

– Infantil da Casa do Povo de Arouca

Praça Brandão de Vasconcelos (Palco 1)

 

00:00 – Sessão de Fogo de Artifício

Junto ao Edifício dos Paços do Concelho

 

 

Nota: Por motivos imprevistos, este programa poderá sofrer alterações.

 

HORÁRIOS DAS EXPOSIÇÕES E FEIRAS

 

 

Feiras de Artesanato, Produtos Regionais, Produtos do Campo

Quinta-feira – das 16h às 24h

Sexta-feira – das 17h às 24h

Sábado e Domingo – das 10h às 24h

 

Exposição das Atividades Económicas

Quinta-feira – das 17h às 23h

Sexta-feira – das 16h às 23h

Sábado – das 14h30 às 23h

Domingo – 10h às 23h

 

Tasquinhas

Quinta-feira – abertura às 16h

Sexta-feira, Sábado e Domingo – abertura às 12h

 

 

Exposição de Pintura, Exposição de Fotografias, Exposição de Escultura e “Vivências”

Quinta-feira – das 16h às 24h

Sexta-feira, Sábado e Domingo – das 10h às 24h

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *