Cultura, Marinha Grande

Criativ(a)rte animou Jardim Stephens na Marinha Grande

Criativarte15O Jardim Stephens, localizado frente ao Museu do Vidro, no centro tradicional da Marinha Grande acolheu a realização da terceira edição da Criativ(a)rte – Feira de Artes, no passado sábado, 14 de Setembro.

 

Esta iniciativa da Câmara Municipal da Marinha Grande pretendeu constituir-se como um espaço dedicado à divulgação e promoção das artes, nas mais diversas áreas.

 

O centro da cidade, ficou assim mais colorido e animado através da participação de 63 expositores, 50 dos quais de artesanato tradicional e urbano, 10 de gastronomia e 3 de animação/workshops.

 

Contou-se ainda com a participação da EPAMG – Escola Profissional e Artística da Marinha Grande, ISDOM – Instituto Superior D. Dinis, Associação de São Silvestre da Moita, Associação Novo Olhar e a APAMG – Associação Protetora de Animais da Marinha Grande.

 

A Criativ(a)rte contemplou um espaço dedicado a massagens e outro a acupunctura.

 

A animação do certame foi assegurada através de: Gaiteiros dos Tocándar; Cottas Club Jazz Band; pinturas faciais e modelagem de balões, pela Federação das Associações Juvenis do Distrito de Leiria; Hora do Conto, pelo Professor Carlos Silva, na Biblioteca Municipal; ateliês sobre o vidro, pelos Serviços Educativos do Museu do Vidro.

 

No palco decorreram as seguintes atuações:

– Concerto de acordeões, com o duo Acordeões em Sintonia;

– Orquestra da Amieirinha;

– Yoga, com a professora Cláudia Klages;

– Big Band da Marinha Grande;

– Capoeira – Grupo Muzenza, orientado pelo graduado Patolino Thiago Benedetti;

– Aerodance, pelo monitor David Brás, do Ginásio Físicoloucura;

– Hip-Hop,  pela monitora Mara Teixeira, do Ginásio Físicoloucura.

 

Pelas 21h00, decorreu o espetáculo de teatro “Farsas per Musica”, de Carlo Goldoni, com encenação de Gil Salgueiro Nave.

 

Este espectáculo sustentado no perfil de um teatro itinerante e ar livre, numa citação contemporânea do teatro barroco foi marcado por uma destacada intervenção musical inspirada na tradição do teatro musical burlesco.

 

Esta iniciativa decorreu no dia 14 de setembro, entre as 14h00 e as 22h00, e foi co-financiada pelo Programa Operacional Regional do Centro, no âmbito da reabilitação urbana.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *