Cultura, Póvoa de Varzim

“Rostos da Póvoa” até 30 de setembro, no Posto de Turismo da Póvoa de Varzim

image002Foi inaugurada, na passada sexta-feira, 13 de setembro, a exposição de Afonso Pinhão Ferreira, patente no Posto de Turismo até ao final do mês.

Tal como o próprio título indica e segundo o seu autor, “Rostos da Póvoa” é uma  “exposição de pintura com retratos de figuras poveiras que, ao longo da minha vida, fui pintando”.

Estão expostos 26 quadros e um busto, sendo que alguns dos retratados estiveram presentes na inauguração, como por exemplo: José Macedo Vieira, Aires Pereira e Luís Diamantino Presidente, Vice-Presidente e Vereador da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.

 

Afonso Pinhão Ferreira nasceu em Condeixa-a-Nova em 1957 e com três meses de idade foi viver para Vila do Conde onde os pais  se  radicaram.  É casado com Maria Alexandrina Ferreira (licenciada e empresária) e tem dois filhos, o António, licenciado em medicina dentária, e a Elisa licenciada em filosofia. Frequentou a escola do ensino  básico  em  Vila  do Conde e ingressou depois  no  Liceu  Nacional  da  Póvoa  de Varzim  onde  concluiu  o  Curso  Complementar  dos  Liceus  no ano    de    1974.    Licenciou-se em medicina dentária na Universidade do Porto e exerce a profissão na cidade da Póvoa de Varzim desde 1982.  É especialista em ortodontia pela Ordem dos Médicos Dentistas. Em Abril de 1990, iniciou funções docentes na carreira universitária, tendo, a  partir desse momento feito da progressão na carreira académica o principal  objetivo.  Fez o doutoramento  em  ortodontia  em 1997 na U. Porto, provas de agregação em 1998 e ganhou o concurso para professor associado na Faculdade de Medicina Dentária em 1999. É Diretor daquela Faculdade desde 2006. É o Diretor Clínico da Ortopóvoa, Clínica de Ortodontia   e Reabilitação  Orofacial,  Lda..  onde  construiu  uma  galeria  de arte que atualmente dirige. Entre os seus interesses, destaca-se a pintura (à qual se dedica  com  empenho,  sobretudo  na área do retrato) e a escultura. Participou em várias exposições individuais e coletivas e editou um livro sobre pintura “Olhadelas pelas Oleadelas”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *