Educação, Trofa

3ªs Jornadas do Projeto Educativo Municipal da Trofa ficaram marcadas pelo sucesso das apresentações e envolveram toda a comunidade local

3ªs Jornadas do Projeto Educativo Municipal da Trofa ficaram marcadas pelo sucesso das apresentações e envolveram toda a comunidade localAs 3ªs Jornadas do Projeto Educativo Municipal da Trofa ficaram marcadas pela apresentação pública do Projeto Educativo Municipal e consequente abertura do respetivo período de discussão à Comunidade, no passado dia 5 de setembro.

 

O Projeto Educativo Municipal da Trofa apresentado oficialmente durante as jornadas, pela Vereadora da Educação, Desporto e Juventude da Câmara Municipal da Trofa, Teresa Fernandes, tem como base cinco eixos prioritários, dando especial destaque ao sucesso educativo, à cidadania ativa, à igualdade de oportunidades, à formação e emprego, bem como às infraestruturas, equipamentos escolares e acessibilidades.

 

Este seminário contou com a presença de mais de 180 participantes e foi inteiramente dedicado à transversalidade e globalidade da educação, decorrendo durante o dia no Auditório da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado, destacando temas como o “Projeto Educativo Municipal versus Projeto Educativo Metropolitano”, “Projeto Educativo Municipal Trofa 13/17”, “Como e o que aprender em tempos de incerteza: novos problemas, velhos desafios” e “Avaliação do Projeto Educativo Municipal: Questionamentos e Estratégias”, e ainda durante o serão, já no Auditório da Associação Empresarial do Baixo Ave (AEBA) para debater o “Projeto Educativo Municipal da Trofa: a visão dos atores locais”.

 

Por esta edição das jornadas passaram grandes nomes da área da educação, a nível nacional, tais como, Lino Ferreira, Presidente da Comissão Executiva da Área Metropolitana do Porto, José Joaquim Matias Alves, da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa, António Rochette, do Departamento de Geografia da Universidade de Coimbra, José Carlos Morgado, do Instituto de Educação da Universidade do Minho, Luís Rothes, da Escola Superior de Educação do Porto, Domingos Sousa, Diretor do IEFP do Baixo Ave e Eusébio André Machado, da Universidade Portucalense.

 

Depois desta discussão, os trabalhos das 3ªs Jornadas do Projeto Educativo regressaram com a presença de José Magalhães Moreira, Vice-Presidente da Câmara Municipal da Trofa, José Manuel Fernandes, Presidente do Conselho de Administração da FREZIGEST, SGPS, S.A. (Grupo FREZITE), Luís Elias, em representação das Associações de âmbito Cultural do Concelho, Duarte Araújo, em representação da Federação das Associações de Pais da Trofa, Gilda Torrão, em representação das IPSS do Concelho, Paulino Macedo, Diretor do Agrupamento de Escolas da Trofa, Renato Carneiro, Diretor do Agrupamento de Escolas do Coronado e Covelas e Ilídia Vieira, da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa e consultora do Projeto Educativo Municipal da Trofa.

 

Já na abertura oficial das Jornadas, a Presidente da Câmara Municipal da Trofa, Joana Lima, lembrou “a importância do investimento que a Autarquia tem desenvolvido na área da educação, por um lado requalificando o parque escolar, dotando-o de infraestruturas modernas, facilitadoras do processo educativo, e por outro lado, assumindo um conjunto de responsabilidades que vão muito além daquelas que são as competências e atribuições do Município, nomeadamente, ao nível da ação social escolar e das condições para o funcionamento da Escola a Tempo Inteiro”.

 

Perante uma plateia de professores, pais, funcionários das escolas e representantes dos vários agentes educativos do Concelho, a Edil Trofense referiu igualmente “que todo o esforço que está subjacente ao Projeto Educativo Municipal, visa contribuir para que a Trofa seja uma comunidade de cidadãos com elevados níveis de escolaridade e de qualificação, criativos e empreendedores, detentores das competências essenciais para singrarem na sua vida pessoal e profissional, mas ao mesmo tempo participativos, solidários e empenhados na sua comunidade”.

 

Terminadas as jornadas ,o balanço foi bastante positivo, e por isso, e mais uma vez, a Câmara Municipal da Trofa deixou o convite aos presentes para as 4ªs Jornadas do Projeto Educativo Municipal da Trofa, em 2014.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *