Cultura, Gondomar

José Pedrosa, 30 anos de pintura – Gondomar

DSC_8528Foi um acaso da vida que “trouxe” José Pedrosa até ao concelho de Gondomar. “Depois de um assalto de que fui alvo, há uns anos, escolhi Valbom para morar. E, não obstante o assalto, até fico grato por tal ter acontecido. Vim para um concelho cheio de vida e com uma dinâmica cultural que, a todos os títulos, é exemplar”. Foi desta forma que, no dia 7 de setembro, José Pedrosa começou a sua intervenção na inauguração da exposição retrospetiva de 30 anos, patente no Auditório Municipal de Gondomar.

O artista deixou fortes elogios à Câmara de Gondomar: “Não apenas por manterem o Auditório sempre em atividade, e sempre de portas abertas a todos os artistas, mas principalmente por fazerem uma forte aposta na Cultura”, destacou José Pedrosa.

Em “30 anos de pintura” é possível observar um conjunto de obras pictóricas (que se situam entre a paisagem, a natureza-morta ou o retrato). Os quadros de José Pedrosa “exigem” uma apreciação meticulosa e envolvente. Luz e sobra marcam os seus planos de composição.

A exposição, inaugurada no dia 7 de setembro, está patente ao público no Auditório Municipal de Gondomar até 29 deste mês.

José Pedrosa nasceu em 1952. Estudou na Escola Industrial Infante D. Henrique. Além de pintor, profissionalmente seguiu a carreira de bancário. Muito jovem começou por se entregar à arte de decoração e desenho – e mais tarde à pintura a óleo e à fotografia. Está representado em várias coleções particulares em Portugal e no estrangeiro. Já marcou presença em quase uma centena de exposições individuais e coletivas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *