Educação, Trofa

Trofa volta a promover projeto Muito+ de reutilização de Manuais Escolares

De forma a preparar o novo ano letivo 2013/2014, a Câmara Municipal da Trofa volta a promover o Projeto Muito +, propondo que no final de cada ano letivo, todos os alunos e respetivos encarregados de educação, sejam convidados a entregar os manuais entretanto utilizados, para que, no ano letivo seguinte, os mesmos sejam reutilizados por outros alunos.

 

O projeto de reutilização de manuais “Muito +” surgiu há três anos, em sequência de um conjunto de fatores económico-sociais como a crise financeira que o país atravessa, a subida da taxa de desemprego, o aumento de famílias carenciadas, a escalada dos preços dos manuais escolares, bem como a perda do poder de compra das famílias e da consequente necessidade de se racionalizarem recursos.

 

Este ano, a Autarquia Trofense irá focar a recolha de livros escolares de forma a ajudar os alunos entre o 5º e o 12º ano.

 

Assim, lança o desafio aos jovens Trofenses para que estes entreguem os seus manuais escolares que já não necessitam para que estes sejam posteriormente reutilizados.

 

A entrega poderá ser feita na Câmara Municipal da Trofa, na Divisão de Educação, Desporto e Juventude, no pólo 2, a partir de 15 de julho, de segunda a quinta-feira das 9h00 às 17h00 e à sexta-feira das 9h00 às 12h00.

 

Posteriormente, os interessados em obter os manuais escolares de forma totalmente gratuita, podem proceder ao levantamento dos mesmos a partir do dia 26 de agosto, também na Câmara Municipal da Trofa, na Divisão de Educação, Desporto e Juventude.

 

Uma vez mais, a Edilidade Trofense procura despertar consciências e incutir valores ambientalistas e de solidariedade nos alunos, promovendo a racionalização de recursos e uma nova forma de cidadania.

 

Com mais esta iniciativa, é possível, como refere a Presidente da Câmara Municipal da Trofa, Joana Lima, “maximizar a recuperação de manuais escolares usados, disponibilizando-os gratuitamente a quem deles necessita, incentivando alunos e encarregados de educação ao bom uso dos livros, enquanto potenciamos boas práticas de responsabilidade social e ambiental2.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *