Saúde, Sociedade, Vizela

Autarquia de Vizela cria Gabinete de Encaminhamento de Vítimas de Violência Doméstica

Ass. AHMEA Câmara Municipal e a Associação Humanitária de Mulheres Empreendedoras (AHME) assinaram esta tarde um protocolo de parceria, que, de entre vários objetivos se destaca a criação de um Gabinete de Encaminhamento de Vítimas de Violência Doméstica (e potenciais vítimas) com o intuito de dar resposta a situações de violência doméstica existentes no concelho de Vizela.

O protocolo foi assinado pelo Presidente da Câmara Municipal, Dinis Costa, e pela Presidente da AHME, Ana Sofia Costa.

Este protocolo tem como objetivo a partilha mútua de conhecimento e desenvolvimento de atividades em prol da sociedade civil, sobretudo no âmbito do projeto “Equal Rights & Equal Duties”, aprovado pelo POPH e pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género enquanto organismo intermédio.

O Gabinete de Encaminhamento de Vítimas de Violência Doméstica irá funcionar uma vez por semana, à segunda-feira de manhã, das 9.00h às 13.00h, nos serviços de Ação Social da Autarquia, sitos no edifício do Turismo. Este Gabinete irá disponibilizar dois técnicos, um na área da psicologia e outro na área jurídica.

No âmbito da parceria com a AHME foi já realizado em Vizela um seminário subordinado ao tema “Igualdade de Género”, nos dias 4 e 5 de junho.

Foi também iniciada, no princípio de junho, uma campanha de informação/sensibilização pelo Concelho, através da divulgação de material (folhetos e cartazes distribuídos pelos MUPIs) com o tema “é um PAI presente?”, temática que aborda a questão da maternidade e da paternidade, evidenciando o papel do Pai enquanto educador e figura de referência para a criança

De realçar que este é mais um serviço que a Autarquia de Vizela presta aos seus munícipes, aliado a outros entretanto criados como a consulta de Psicologia, o atendimento e acompanhamento psicossocial, o Cartão Sénior, a Loja Social, o Gabinete de Apoio ao Emigrante, o Centro de Informação Autárquica de Apoio ao Consumidor (CIAC), a Oficina Domiciliária, o Banco Local do Voluntariado e o programa Desporto é Vida … e não tem idade.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *