Celorico de Basto, Educação, Sociedade

Marchas populares encheram Celorico de Basto de cor

_DSC9415Celorico de Basto vestiu-se de cor e alegria para receber mais uma edição das marchas populares do “Celorico a Mexer”. A iniciativa decorreu dia, 16 de junho, no pavilhão Gimnodesportivo da EB 2,3/S de Celorico de Basto, e contou com a presença de centenas de pessoas que assistiram “maravilhadas” às marchas apresentadas.

Uma festa que comemora os Santos Populares e que mostra muito do trabalho desenvolvido pelo programa Celorico a Mexer. O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, salientou a importância da iniciativa no que respeita à confraternização e alegria proporcionada. “Trata-se de uma festa que celebra os Santos Populares, uma festa feita com brio e muita dedicação dos grupos de idosos e pessoas portadoras de deficiência do nosso concelho. Uma festa que levou a participantes e plateia a magia das marchas populares” referiu.

A coordenadora da Câmara Amiga, Helena Martinho, salientou o esforço de todos na concretização da atividade. “Foram momentos muito bonitos protagonizados pelos nossos idosos, com mais ou menos limitações, e com o apoio dos técnicos da Câmara Amiga. Trata-se de uma atividade desenvolvida, coreografia e artefactos, durante as sessões de animação dos utentes do Celorico a Mexer que leva a todos o brilhantismo dos intervenientes e a alegria proporcionada pelas marchas”, reforçou.

Efetivamente, todos os artefactos utilizados foram produzidos pelos utentes do Celorico a Mexer que, juntamente com os animadores e os professores de educação física, criaram o cenário ideal e interpretam, com coreografias ensaiadas pormenorizadamente, as melodias das Marchas Populares.

Pelo recinto passaram 17 marchas, cada uma com um tema diferente, e contou com a participação de todos os grupos do Celorico a Mexer. Iniciou com o grupo de Vale de Bouro e Gémeos com a marcha dos Laços, seguiu-se o grupo da Cerdeira e Vacaria com a marcha do Centeio, a marcha do S. Tiago foi trazida pelo grupo de Ourilhe e Gagos e o grupo de Ribas teve como tema da sua marcha a Agricultura. A flor que caracteriza o concelho, a “Camélia” foi tema da marcha do grupo de Britelo e Molares, já o grupo de Canedo passou pelo recinto com a marcha das Flores. De acordo com a ordem de atuação seguiu-se a marcha de Santo António a cargo do grupo de Infesta, Santa Tecla e Carvalho, a marcha do Linho foi trazida pelo grupo de Moreira do Castelo e o grupo de Codessoso apresentou a marcha da vinha, com destaque para o vinho verde, rei na região de Basto. O grupo de Caçarilhe e Rego trouxe a marcha dos Girassóis, o grupo de Fervença a marcha dos Moinhos e o grupo de Agilde desfilou com a marcha do Azeite. Seguiu-se a marcha das Lavadeiras a cargo do grupo de Corgo e Veade, a marcha das Desfolhadas trazida pelo grupo de Borba da Montanha. O grupo de S. Clemente e Nespereira apresentou a marcha dos manjericos, típicos dos Santos Populares, e o grupo de Arnoia mostrou a toda a plateia a marcha do Castelo.

A sessão terminou com a marcha protagonizada pelos animadores, técnicos e professores da Câmara Amiga.

Importa salientar que esta atividade faz parte do plano de atividades do Celorico a Mexer e proporciona momentos de animação entre todos os intervenientes.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *