Baião, Cultura, Sociedade

Igreja de Santa Marinha do Zêzere, em Baião, em processo de classificação

A Direção-Geral do Património Cultural iniciou o procedimento de classificação da Igreja Paroquial de Santa Marinha do Zêzere por a considerar um imóvel “com valia simbólica”.

De acordo com um despacho da diretora-geral, Isabel Cordeiro, “a decisão de abertura do procedimento de classificação teve por fundamento a valia arquitetónica e simbólica deste imóvel, acrescida pelo reconhecido valor artístico dos elementos decorativos do seu interior”.

A decisão do Governo fixa também uma zona de proteção de 50 metros em torno do imóvel.

A igreja foi fundada no século XI e reedificada no século XVIII, destacando-se, no seu interior, um órgão de tubos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *