Desporto, Póvoa de Varzim

Póvoa de Varzim acolhe Copa do Mundo Tiro ao Voo

image004Foi apresentada no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a Copa do Mundo – Tiro ao Voo, que de 10 a 16 de junho se irá realizar no Complexo de Tiro de São Pedro de Rates, na Póvoa de Varzim.

José Macedo Vieira, Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e Sócio nº 1 do Clube de Tiro de São Pedro de Rates, referiu-se à história da Póvoa de Varzim e ao desenvolvimento do concelho, onde o jogo esteve sempre indissociavelmente ligado.

A recuperação do Clube de Tiro, em 1994, foi feita com base nas tradições que havia e se foram perdendo. Arrancou com grande dinamismo e trouxemos cá muitos campeonatos, lembrou Macedo Vieira.

O Sócio nº 1 está convencido de que a Copa do Mundo será uma mais-valia porque tem repercussões positivas na economia local.

O autarca realçou a importância de eventos desta natureza que possam desenvolver o Turismo pois, na sua opinião, “o Turismo tem sido ao longo da história dos últimos 50 anos da Europa, a grande alavanca de desenvolvimento de muitos países”.

Jorge Leal, Presidente do Clube de Tiro de São Pedro de Rates, afirmou que “o Tiro e o Turismo andam de mãos dadas na Póvoa”. E desta constatação partiu para a apresentação de uma resenha histórica, apontando para finais do século XIX o início do Tiro, no concelho. Daí em diante, a Câmara Municipal, reconhecendo a importância da modalidade, aposta na construção de equipamentos para a prática da mesma.

A 7 de dezembro de 1994 é criado o Clube de Tiro de São Pedro de Rates e desde então a Câmara decide investir novamente e retomar a história.

A partir de 1999 começam a realizar-se competições de nível mundial no Complexo de Tiro de São Pedro de Rates, na Póvoa de Varzim. E é disso mesmo que se trata a Copa do Mundo, em que estarão representados 18 países e acima de 400 atiradores. Poderá consultar o programa completo, aqui.

O Presidente do Clube de Tiro fez questão de congratular a Câmara Municipal pelo magnífico complexo que tem de impacto mundial e partilhou o desejo de um projeto integrado: “não podemos vender um pacote, temos de vender um destino de região”.

Neste sentido, Jorge Leal revelou que na organização deste evento reuniu a hotelaria e restauração e está convencido de que a iniciativa irá acrescentar valor à cidade e à região, numa época de crise. “Queremos que as pessoas venham à Póvoa e aproveitem tudo aquilo que o concelho tem para oferecer”, afirmou.

Melchior Moreira, Presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, manifestou a sua satisfação pela possibilidade de ter na Póvoa um destino de férias de excelência. No contexto de 22 municípios da região Porto e Norte de Portugal, temos uma cidade bonita, aprazível, em que as pessoas sabem bem receber e este é o nosso primeiro grande cartão de impacto para convencermos a nível internacional que a Póvoa possa receber este evento, revelou.

O Presidente do TPNP congratulou Macedo Vieira pelo excelente trabalho que tem feito na Póvoa de Varzim, referindo-se igualmente às magníficas instalações do Campo de Tiro de São Pedro de Rates, alavancas para o Turismo Regional.

Para Melchior Moreira, a Copa do Mundo é um bom exemplo para combatermos a sazonalidade no Turismo, realçando o facto de tratar-se de um evento com impacto regional, nacional e internacional.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *