Sociedade, Tomar

Câmara de Tomar pede final feliz para os monstros

cartaz_monstrosTodos sabemos que os monstros não existem. Ou será que existem?

A expressão foi apropriada pelos responsáveis pela gestão dos lixos para se referirem a objectos de grandes dimensões que não têm lugar nos contentores comuns e muito menos nos ecopontos e que por isso são muitas vezes deixados indevidamente nas ruas.

Referimo-nos concretamente a grandes electrodomésticos, mobiliário, colchões, mas também resíduos verdes, por exemplo.

Ora, para sensibilizar a população para este problema, a Câmara Municipal de Tomar, através da Divisão de Serviços Urbanos e Espaços Verdes, está a lançar uma campanha intitulada “Os seus monstros merecem um final feliz”.

Brincando com o imaginário das histórias, o objectivo é alertar os munícipes para evitarem uma situação que prejudica a imagem urbana, dando-lhes ao mesmo tempo as indicações necessárias para o resolverem de uma forma simples.

Tão simples como isto: basta ligar para o telefone 808 201 567 (custo máximo de chamada local), de segunda a sexta-feira entre as 9h00 e as 12h30 ou entre as 14h00 e as 17h30, e agendar o serviço de recolha de monstros, a efectuar pela Câmara Municipal.

Para promover este serviço, a campanha está a ser disseminada através de diversos meios, nomeadamente com o envio de folhetos juntamente com a factura da água, bem como com a colocação de autocolantes em todos os contentores de resíduos sólidos indiferenciados do concelho.

O próximo passo compete-lhe a si. Diga lá se estes monstros não merecem um final feliz, em vez de ficarem a apodrecer no meio da rua?

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *