Sociedade, Trofa

Três ruas da Trofa assumem temporariamente novas designações no âmbito da campanha 2013 “Procuram-se Abraços” da Associação da Mundos de Vida

A Câmara Municipal da Trofa, numa colaboração com a instituição Mundos de Vida, cedeu três ruas do Concelho, para durante dois meses, adotarem novas designações relacionadas com a campanha “Procuram-se Abraços”.

 

Assim, na Trofa, as três ruas que vão assumir novas identidades são a Rua Conde S. Bento, a Rua Camilo Castelo Branco e ainda a Rua Dr. Adriano Fernandes Azevedo, sendo que a cerimónia de descerramento das novas placas toponímicas tem lugar no dia 21 de maio, às 11h00, com ponto de encontro marcado nas instalações da Divisão de Ação Social da Câmara Municipal da Trofa, no Centro Comercial da Vinha.

 

Desta forma, a Rua Conde de S. Bento será “Rua Cidade Amiga da Infância”, a Rua Dr. Adriano Fernandes Azevedo assumirá o nome de “Rua Procuram-se Abraços” e a Rua Camilo Castelo Branco chamar-se-á “Rua dos Direitos da Criança”.

 

Esta é uma iniciativa que tem o apoio da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado e decorrer no âmbito da parceria existente entre a Câmara Municipal da Trofa e a Mundos de Vida e pretende divulgar a campanha “Procuram-se Abraços”, da associação, que procura difundir a mensagem de que todas as crianças precisam de um abraço e de crescer no seio de uma família, por isso, durante o período da campanha Procuram-se Abraços 2013, o objetivo é, através de um conjunto de meios, interessar novas famílias em acolher crianças em sua casa.

 

De relembrar que a Mundos de Vida tem dois centros para acolhimento de crianças, a Casa das Andorinhas – Centro de Acolhimento Temporário que acolhe 12 crianças até aos 10 anos e a Casa do Alto – Lar de Infância e Juventude, que acolhe 10 jovens.

 

Em 2006, criou um serviço pioneiro em Portugal, o Serviço Especializado de Acolhimento Familiar constituindo-se a primeira IPSS como instituição de enquadramento.

 

Todos os anos realiza a Campanha “Procuram-se Abraços” para encontrar uma nova geração de famílias de acolhimento, sob o lema do direito de cada criança crescer numa família, proporcionando assim, a uma criança crescer num ambiente familiar, terno, seguro.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *