Cultura, Póvoa de Varzim

Um roteiro pelas mercearias poveiras . Póvoa de Varzim

Um roteiro pelas mercearias poveirasManuel Joaquim Craveiro foi o protagonista d’“À quarta (h)à conversa” deste mês que decorreu, ontem à tarde, no Arquivo Municipal.

Recordando as mercearias da Póvoa de Varzim foi o tema apresentado e teve como inspiração um poema da obra O Mar A Mar A Póvoa, de José Carlos de Vasconcelos (2001).

O convidado fez um roteiro pelos armazéns e mercearias da nossa cidade que, ao longo dos anos, foram desaparecendo, partilhando algumas curiosidades destes negócios.

A representar as que ainda existem, estavam presentes três proprietários destes estabelecimentos: Fernando Moreira, cuja empresa António da Costa Moreira e Filho, Lda. foi fundada em 1920; Domingos Novais, que mantém, do seu pai, a Mercearia Domingos Novais e Ricardo Silva, da Mercearia Raúl & Costa, fundada em 1930.

Luís Diamantino, Vereador da Cultura, realçou a “aposta na qualidade e em traços de distinção das mercearias, pequenos detalhes que marcam a diferença destes espaços”.

O autarca referiu-se ainda à presença dos proprietários nesta iniciativa, que mostra que as pessoas se sentem bem com aquilo que fazem. E “dedicarmo-nos áquilo que gostamos é muito importante”, constatou.

Outubro de 2009 marcou o início da iniciativa “À quarta (h)à conversa”, promovida pelo Arquivo Municipal. Esta atividade mensal continua, sempre com novos temas que remetem para a História Local.

Dirigido ao público sénior, “À quarta (h)à conversa” apresenta, todos os meses, sempre na terceira quarta-feira, diferentes temas ligados à História Local.

No entanto, nos meses de julho a setembro o Arquivo interrompe esta iniciativa, que estará de volta em outubro, com novos temas e convidados.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *