Economia

Protagonistas do mar semeiam ideias e colhem negócios na EXPONOR

ForumDoMar2012_DSCF0755Serão mais de 60 intervenções, tantas quantos os protagonistas e os quadrantes temáticos em debate. A cerca de duas semanas do FÓRUM DO MAR 2013, que dinamiza a EXPONOR – Feira Internacional do Porto de 29 a 31 deste mês, a organização dá os últimos retoques no programa do único certame português dedicado à valorização económica e à sustentabilidade dos recursos marinhos.

O acontecimento repartir-se-á por uma exposição de produtos, serviços e tecnologias, por vários encontros de negócio com convidados nacionais e internacionais, alguns “workshops” e, também, pelas conferências «O Mar na Estratégia da União Europeia 2020» (no dia 29) e «Desafios do Mar» (no dia 31).

Estas últimas contarão com as participações do secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, logo na sessão de abertura do dia inaugural (às 9 horas), e, 48 horas depois, da ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, e do Almirante-chefe do Estado-maior da Armada, José Carlos Saldanha Lopes. Franquelim Alves, secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, presidirá à sessão de encerramento, no mesmo dia, às 18 horas, igualmente no Auditório montado no recinto da própria feira (o programa completo está disponível em www.forumdomar.exponor.pt).

A identidade marítima portuguesa entrou nos anos mais recentes num processo de renovação do desígnio atlântico nacional. E, apesar das vagas da austeridade conjuntural, a valorização sustentada da economia do mar não deixa de exibir rotas cada vez mais inovadoras e empreendedoras – convenientemente estruturadas -, em águas científicas, tecnológicas e empresariais.

Desta nova maré  faz parte o FÓRUM DO MAR, cuja 3.ª edição a Associação Empresarial de Portugal (AEP), a EXPONOR e a Oceano XXI – Associação para o Conhecimento e Economia do Mar levam agora a efeito, já a prospetivar o enquadramento do “cluster” em 2020.

 

 

Dezassete países à cata de oportunidades de negócio

A avaliar pelas dezenas de contributos especializados e projetos que subirão à tribuna e à plataforma empresarial montada pela Feira Internacional do Porto, adivinha-se uma boa safra de ideias e, ainda, perspetivas para mais negócios.

A organização trabalhou para que assim fosse e assegurou a visita de cerca de 30 delegações de convidados internacionais (compradores e decisores, na sua maioria), oriundas de 17 países (Alemanha, Reino Unido, Noruega, Dinamarca, Suécia, Islândia, Espanha, Bélgica, Irlanda, Itália, Grécia, Chipre, Canadá, Emirados Árabes Unidos, Moçambique, Cabo Verde e Chile).

Os visitantes estrangeiros representam várias áreas de interesse, entre as quais se encontram a pesquisa e tecnologia; a mineração subaquática e oceânica; a aquacultura; a atividade portuária; o turismo e os desportos aquáticos; as universidades; a investigação alimentar; o tratamento de águas; a segurança e a defesa; a biotecnologia, o equipamento marítimo e a navegação; o direito marítimo; a consultoria e as soluções informáticas.

Mas são inúmeras as entidades que aproveitam o evento da EXPONOR para abrir escotilhas que, de uma forma direta e/ou indireta, acabam por resultar em benefício da afirmação e da estruturação da economia do mar.

A Associação das Industrias Navais, por exemplo, promoverá no dia 30 uma jornada de análise ao setor nacional da construção e reparação naval, com encontros bilaterais e uma abordagem prática a oportunidades de negócios na Namíbia.

A Aquasoja (do Grupo Soja de Portugal), por seu lado, propõe um debate em torno da atual condição e dos desafios da aquacultura até 2020, a ter lugar durante a manhã do mesmo dia; ao passo que, paralelamente, o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), da Universidade do Porto, e o Instituto Superior Técnico dinamizam uma conferência sobre a avaliação do impacto ambiental e a resposta à poluição marítima acidental, com especialistas.

Mas, o FÓRUM DO MAR não se fica por aqui e coloca no mapa dos agentes do setor outros pontos de interesse…

Agenda de atividades:

Conferência «O Mar na Estratégia da União Europeia 2020»
Data: 29 de maio
Horário: das 9h00 às 18h30
Organização: Oceano XXI
________________________________________________________________

«Arcopol Plus – Environmental Impact Assessment and Response to Accidental Marine Pollution»
Data: 30 de maio
Horário: das 9h00 às 18h00
Organização: CIIMAR/IST
______________________________________________________________

Workshop «Os desafios da Aquacultura»
Data: 30 de maio
Horário: das 9h30 às 13h00
Organização: Sorgal/Aquasoja
_______________________________________________________________

Workshop «Auxnavália Plus: instrumentos financeiros disponíveis para a indústria naval e auxiliar do naval e oportunidades de mercado na Namíbia»
Data: 30 de maio
Horário: das 9h30 às 12h30
Organização: AIN
________________________________________________________________

«Valor Peixe: Valorização de subprodutos de peixe e show cooking»
Data: 30 de maio
Horário: das 14h00 às 17h30
Organização: ANICP
_______________________________________________________________

«Economia do Mar no Alto Minho»
Data: 30 de maio
Horário: das 17h15 às 19h15
Organização: CIM Alto Minho

_______________________________________________________________

«Constrangimentos tecnológicos nas fileiras da Construção Naval e das Pescas»
Data: 30 de maio
Horário: das 17h30 às 19h00
Organização: PRODUTECH & OCEANO XXI
______________________________________________________________

Conferência «Desafios do Mar
Data: 31 de maio
Horário: 9h30 – 18h30
Organização: Oceano XXI
Síntese:

FÓRUM DO MAR

Data: de 29 a 31 de maio de 2013

Organização: Associação Empresarial de Portugal / EXPONOR – Feira Internacional do Porto e Oceano XXI – Associação para o Conhecimento e Economia do Mar;

Apoios: o Fórum do Mar conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República

Local: EXPONOR – Feira Internacional do Porto (Matosinhos);

Sectores em exposição: construção e reparação navais; pesca, aquicultura, conservação e transformação do pescado; turismo marítimo e náutica de recreio; energia e ambiente; novos produtos e materiais para as tecnologias marinhas; transportes marítimos e infraestruturas portuárias; e serviços marítimos.

Perfil do expositor: empresas industriais e de serviços; associações empresariais; organismos públicos; centros de investigação e desenvolvimento e respetivas entidades de intermediação de todos os sectores que se enquadram na economia do mar.

Perfil do visitante: empresários e decisores; responsáveis e técnicos de empresas e da administração pública; engenheiros e projetistas; técnicos de laboratório; docentes e investigadores; outros profissionais ligados à temática do mar; público em geral.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *