Lamego, Sociedade, Turismo

Tradições genuínas ligadas ao cavalo atraem aficionados a Lamego

Emocoes_ibericas_Feira_3_maio2013O mundo equestre distinguiu este ano o jovem cavaleiro Ricardo Magno, de apenas 9 anos, com o Prémio Rufino Rilhado, enaltecendo desta forma a sua mestria e a paixão pelos cavalos que já exibiu, aliás, por diversas vezes nas corridas que ocorrem durante a tradicional Feira de Santa Cruz/ 3 de Maio que atrai todos os anos centenas de aficionados à cidade de Lamego.

Ao longo de três dias, o programa de atividades tornou este certame o maior evento de arte equestre realizado na região que arrancou, mais uma vez, com a grandiosa Feira Anual, um espaço de comércio ligado ao mundo rural onde se realizam diversos negócios de ocasião.

As principais avenidas e ruas da cidade de Lamego e o renovado Largo da Feira viram desfilar muitas outras realizações de grande qualidade onde o cavalo é sempre “rei e senhor”: corridas de passado travado e galope amador, uma bela noite de fados no Teatro Ribeiro Conceição, passeios equestres, passeios de charretes, o espetáculo “Emoções Ibéricas” e até um batismo a cavalo para jovens de Lamego.

Por estes dias, famílias inteiras, representadas por várias gerações, mas com uma paixão comum pela arte equestre, acorreram a estas iniciativas para aplaudirem entusiasticamente as exibições dos equídeos.

A Grandiosa Feira de Santa Cruz é um importante cartaz turístico do concelho, responsável pela dinamização da economia local, sobretudo os setores da restauração e da hotelaria. Organizada pela Câmara Municipal de Lamego, continua a conquistar a admiração dos lamecenses e dos aficionados pelas tradições e costumes genuínos do mundo equestre.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *