Évora, Sociedade

Évora recebe I Festival Nacional Prove

cabazA Praça Joaquim António D’Aguiar, em frente ao Teatro Garcia de Resende, vai ser palco, este sábado de manhã (10h00/13h00), do primeiro Festival Nacional Prove, que tem como objetivo constituir uma mostra de produtos hortofrutícolas, originária dos produtores locais que constituem os núcleos Prove de Évora e Montemor-o-Novo.

 

Organizado pelo Monte – Desenvolvimento Alentejo Central, ACE, com o apoio da Câmara Municipal de Évora e da Liga dos Pequenos e Médios Agricultores de Montemor-o-Novo, o primeiro Festival Nacional Prove incluirá um concurso de cheiros, degustação de produtos, atividades para crianças e animação de rua (Boneca Alegna).

 

Recorde-se que O Projeto Prove visa a comercialização de proximidade entre médios e pequenos produtores locais e os consumidores finais através do Cabaz do Hortelão.

 

O Cabaz do Hortelão, dada a sua qualidade, tem vindo a conquistar cada vez mais consumidores. O primeiro local para distribuição dos cabazes foi na Junta de Freguesia de N.ª Sr.ª da Vila, em Montemor-o-Novo, mas devido ao interesse dos consumidores, a distribuição dos cabazes alargou a outros concelhos como o de Arraiolos e Évora. A distribuição é feita pelos produtores, que para além da entrega dos cabazes nos locais de referência, ainda fazem entregas em residências, o que permite uma maior proximidade entre consumidores e produtores, o que torna um êxito, por ser esse o objetivo do Projeto Prove.

 

O cabazes do núcleo de Montemor-o-Novo, assim como o de Évora, pesam ambos entre 5 a 7 kg, tendo o primeiro um custo de 9€ e o segundo um custo de 10€, contendo frutas e legumes da época, produzidos e selecionados pelos produtores.

 

Segundo dados disponíveis no sítio da internet www.monte-ace.pt o projeto Prove abrange atualmente 181 consumidores, sendo entregues mensalmente 442 cabazes.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *