Cultura, Lousã

Exposição de fotografia “Estrada fora – Uma década de viagens” de José Luís Santos na Lousã

Yazd - Irão. 2012O átrio da Biblioteca Municipal Comendador Montenegro acolherá, entre 6 de abril e 31 de maio, a exposição de fotografia “Estrada fora – Uma década de viagens” de José Luís Santos.

 

A exposição terá como mote uma década de viagens do autor, e assume-se como um convite para que todos percorram o mundo que viu nestes últimos anos, com instantes captados desde Cuba e Estados Unidos passando pelo Médio oriente a Síria, Egito, Jordânia ou Irão (onde esteve prestes a ser preso por alegada espionagem) até à Rússia ou China.

 

A experiência que adquiriu ao longo das suas viagens fez com que amadurecesse a sua sensibilidade e técnica. Além das quatro dezenas de imagens, a cores e a preto e branco, será possível ver algumas crónicas publicadas no Jornal Trevim, onde colabora desde 2000, e no Suplemento “Fugas” do Jornal público, para além de outros objetos que trouxe das suas viagens.

 

José Luís Santos, natural da Lousã, é professor de História e fotógrafo, orientando a sua investigação académica para o fotojornalismo e propaganda.

 

Atendendo à qualidade dos trabalhos de José Luís Santos, a Câmara Municipal da Lousã entendeu que esta exposição deveria ser apoiada, financeira e logisticamente, e constar do programa das Comemorações dos 500 anos do Foral Manuelino da Lousã.

 

A exposição será inaugurada no dia 6 de abril (sábado), pelas 15h, e contará com a presença de Nuno Lobito, fotógrafo e escritor que passou os anos 90 a viajar, dedicando-se à foto reportagem que promoverá uma conferência intitulada “Para viajar basta existir”.

 

A exposição “Estrada fora – Uma década de viagens” é organizada pelo autor em parceria com a Câmara Municipal da Lousã e com a Cooperativa Trevim.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *