Economia, Oliveira de Azeméis, Tecnologia

Projeto online para venda mundial de calçado de Azeméis vence concurso de ideias

P3270485O projeto de criação de um site online para venda de calçado de diferentes marcas produzidas unicamente em Oliveira de Azeméis foi, na quarta-feira, o vencedor da primeira edição do concurso Azeméis Youth Business.
A iniciativa coube à autarquia e à Associação Empresarial do Concelho de Oliveira de Azeméis, que assim procuraram estimular “a iniciativa e criatividade” dos jovens empreendedores locais, analisando para o efeito as seis ideias de negócio propostas a concurso.
João Rios e Bruno Oliveira foram os vencedores, ao assinarem o conceito “Azeshoes”, que definem como “uma loja online de calçado produzido em Oliveira de Azeméis”. Apostando na valorização e promoção das marcas que se associarem ao projeto, a empresa propõe-se “vender o calçado oliveirense para todo o mundo, através de serviços postais e de várias empresas de logística e entregas”.
O prémio entregue aos vencedores foi de 500 euros, mas o concurso prevê a atribuição de mais 2000 no momento da efetiva constituição da empresa, o que, afinal, corresponde aos reais objetivos da iniciativa, como realçou à Lusa o presidente da Câmara Municipal ao afirmar que essa se destinava a “contribuir para a criação de empresas e de postos de trabalho no concelho”.
Elogiando o espírito empreendedor dos concorrentes, Hermínio Loureiro espera agora “que os seus projetos possam crescer e afirmar-se no panorama empresarial local, regional e até mesmo nacional”.
“O concurso Azeméis Youth Business tem os genes do concelho de Oliveira de Azeméis, cuja vocação e espírito empreendedor, comercial e industrial é uma marca e uma referência nacional”, declarou o autarca. “Este é o sétimo concelho da Região Norte que mais exporta para a União Europeia e o 14.º, também da Região Norte, que mais exporta para fora da União Europeia”.
Para além do projeto Azeshoes, a cerimónia de entrega de prémios incluiu ainda a atribuição de menções honrosas a duas outras propostas que se candidataram ao Azeméis Youth Business: a TerapiAZ e a Ecoaldeia da Vida.
No primeiro caso, o projeto é de Mariana Ferreira e Ana Catarina Pinto, que assim idealizaram uma empresa de prestação de serviços “personalizados e a baixo custo” na área da saúde terapêutica, da fisioterapia e da terapia da fala.
Já na Ecoaldeia da Vida, da autoria de Hugo Ferreira e Diana Ferreira, a proposta é desenvolver “uma vida comunitária de interajuda, que visa resolver problemas que se avizinham, como é o caso da escassez de alimentos e de energia, bem como questões educacionais e culturais que na sociedade se refletem sob a forma de perda de valores, costumes e conhecimentos ancestrais essenciais a uma melhor qualidade de vida em cooperação com a natureza”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *