Cultura, Santo Tirso

Santo Tirso assinala o Dia Mundial do Teatro

os macacos não se medem aos palmosPara assinalar o Dia Mundial do Teatro, a Câmara Municipal de Santo Tirso está a levar a efeito um ciclo de teatro pelos diferentes espaços do concelho.

 

Tudo começou com a peça Os macacos não se medem aos palmos de Manuel António Pina que foi levado à cena no dia 22 de Março pelo coletivo de animação teatral Pé de Vento nas instalações da Fábrica de Santo Thyrso.

 

Seguiu-se depois Reviver um espetáculo de variedades que foi levado à cena no dia 24 de Março, em Monte Córdova, pelo Grupo de Teatro Amador local.

 

Agora é a vez do teatro chegar a Vila das Aves, em cujo Centro Cultural decorre na próxima segunda-feira de Páscoa (1 de abril), às 21h30, o espetáculo Adormecida pelo grupo Teatro e Marionetas de Mandrágora numa criação de Filipa Mesquita com interpretação e manipulação de Clara Ribeiro e Filipa Mesquita que nos conta a história de duas fiandeiras que, aprisionadas pelo seu trabalho e isoladas do mundo exterior, inventaram si um mundo muito própio, feito de criaturas, tantas quantas a lã permite imaginar e criar.

 

Neste mesmo dia, mas à tarde (14h30), a atriz e marionetista Clara Ribeiro será a formadora do workshop Olhapins e Olharapos dirigido aos mais novos, mas igualmente aberto à participação de pais e avós. Neste workshop aprendem-se os fundamentos básicos e as técnicas de criação em esponja de olhapins (criaturas muito pequenas com quatro olhos) e olharapos (criaturas muito grantes de apenas um olho).

 

Este ciclo de teatro encerra com o teatro nas escolas, com a apresentação da peça Aventuras de João Sem Medo em vários estabelecimentos de ensino. A peça será levada à cena pelo Grupo de Teatro Amador de Santo Tirso – os Quatro Ventos.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *