Cultura, Tomar

Mês do livro com diversas iniciativas na Biblioteca Municipal de Tomar

A Biblioteca Municipal de Tomar – António Cartaxo da Fonseca vai promover várias iniciativas durante o próximo mês de Abril com vista à comemoração das duas datas especialmente relacionadas com o livro.

Assim, na terça-feira, 2 de Abril, Dia Internacional do Livro Infantil, abrirá a exposição bibliográfica “Os Grandes Clássicos da Literatura Infantil”.

Também nesse dia, a Biblioteca convida uma escritora tomarense, Joana Lemos, para estar presente naquele espaço falando informalmente com as crianças, que lhe podem colocar questões, satisfazer curiosidades e pedir autógrafos. No final, a autora irá contar uma história escrita por si.

 

Lançamento de livro de Maria João Gonçalves

A 23 de Abril celebra-se o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor. Por imperativos pessoais da autora, uma das iniciativas a desenvolver na Biblioteca ocorrerá quatro dias antes, na sexta-feira 19, pelas 18 horas. Trata-se do lançamento do livro “Um amor que nasceu dos alicerces do ódio”, da autoria de Maria João Gonçalves, publicado pela Chiado Editora.

Integrado na colecção “Viagens na Ficção”, este romance acompanha a primeira viagem ao nosso país de António Batista, filho de um militar português e de uma angolana, que vem expor as suas criações enquanto fotógrafo. O que era, aparentemente, um trabalho como tantos outros que já realizara por toda a Europa, acaba por abrir a porta aos mais escuros segredos do seu passado. Ao mesmo tempo que relata o surgimento de um novo amor, simples e completo, como deveriam ser todos os relacionamentos, o livro coloca, frente a frente, dois grandes adversários em guerra, num enredo de sentimentos antagónicos: o racismo e um grande afecto que surge para lhe fazer frente, sem ninguém compreender como, deixando em aberto a questão: será que é possível amar algo que se odeia?

Mas o dia 23 não deixará de ser assinalado, até porque nessa terça-feira “Os livros ganham pernas” na Biblioteca. A não perder.

 

Abril, histórias mil

O mês de Abril, porém, não se esgota na comemoração destas datas. Sob o chapéu genérico “Abril, histórias mil”, são muitas as sessões de contos ao longo deste mês, começando logo no dia 1 (é verdade!) com um Especial “Minutos de Leitura” (17h00).

Dia 3 há Hora do Conto para as escolas (10:30), com base em “Os fidalgos da casa mourisca” de Júlio Dinis e mais um Especial “Minutos de Leitura” (16h00). Dia 4 é a vez do VideoConto (16h00 às 18h00) com projeção contínua na sala do conto de filmes relacionados com contos clássicos de Hans Christian Andersen.

Dia 5 (16h00) é a vez das “Histórias para continuar…” e o Ateliê de Escrita Criativa: o que aconteceu à Cinderela, à Carochinha, ao Gato das Botas, à Branca de Neve?

No dia 6 há Hora do Conto com ateliê, às 11h00, integrado na iniciativa “Sábados à Grande”. Dia 8, às 17h00, Hora do Conto Especial com “Contos para rir e sorrir”, a saber: “Tarte de mamute”; “ Todos no sofá” e “Quem quer um rinoceronte barato?”

No dia 10, às 10h30 há “Histórias a três meias” para as escolas no âmbito da atividade: “A escola vem à Biblioteca” e às 16h00 mais um Especial “Minutos de Leitura”.

Dia 11, das 16 às 18h00 novo VideoConto (projeção contínua na sala do conto de filmes relacionados com contos clássicos dos irmãos Grim).

Daí até final do mês, há “Histórias para continuar…” (dias 12, 19 e 26 às 16h00), Especial “Minutos de Leitura” (dia 15 às 17h00, dia 17 às 16h00, dia 22 às 17h00 e dia 24 às 16h00), (dia 17 às 10h30, “Os Maias” de Eça de Queiroz; dia 24, às 10h30, “O Bobo” de Alexandre Herculano) e VideoConto (dia 18 das 16h00 às 18h00, filmes relacionados com contos Hans Christian Andersen).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *