Sociedade, Vizela

“Vizela, cidade dos abraços”

Campanha-Procuram-se-AbraçosNo âmbito das iniciativas da Campanha Procuram-se Abraços 2013, que a Mundos de Vida está a desenvolver, durante dois meses, em dez concelhos do Norte do país, para promover o Acolhimento Familiar de Crianças, algumas das principais praças e ruas da cidade de Vizela, adotarão, a partir do dia 21 de março, novos nomes, junto da designação como são conhecidas.

Trata-se de assinalar um original itinerário ligado aos direitos da criança que o programa lançado pela Mundos de Vida há seis anos tem vindo a fazer caminho, procurando, todos os anos, encontrar mais famílias para acolher crianças que temporariamente não podem viver com os seus pais, devido a dificuldades sociais graves.

A iniciativa conta com a parceria da Câmara Municipal de Vizela e pretende mobilizar e reconhecer o papel da comunidade na criação de um concelho onde cada criança possa crescer numa família, mesmo que não seja a sua.

Este ano, com a inauguração deste original itinerário nas ruas da cidade que, durante dois meses recebem um novo nome, pretende-se reconhecer o extraordinário papel social das famílias de acolhimento e tornar visível aos olhos de todos nós que ainda existem muitas crianças que vivem em instituições que podiam crescer melhor numa família como a sua.

Assim, a Praça do Município passa a chamar-se Praça Procuram-se Abraços, o Jardim Manuel Faria, adota o nome de Jardim das Famílias de Acolhimento e a Praça da República recebe o nome de Praça Cidade Amiga da Infância.

Ao aproxima dos 25 anos da Convenção dos Direitos da Criança que se celebram em 2014, com esta iniciativa a Mundos de Vida, com a coopração das instituições do concelho que pertencem à Rede Procuram-se Abraços, onde se inclui o Município e a Comissão de Proteção de Crianças, lança um novo objetivo a toda a comunidade. Pretende-se alargar abolsa de famílias de acolhimento da Mundos de vida para que nenhuma criança com menos de 4 anos tenha de viver numa instituição, quando não puder viver temporariamente dos seus pais. Nalguns países esta situação já é proibida.

 

A campanha Procuram-se Abraços tem ajudado a mudar mentalidades

 

A campanha Procuram-se Abraços decorre durante dois meses em dez concelhos dos distritos do Porto e Braga, designadamente, Maia, Trofa, Santo Tirso, Vila do Conde, Povoa de Varzim, Esposende, Famalicão, Guimarães, Vizela e Barcelos.

Nestes concelhos, a Mundos de Vida está a desenvolver um conjunto de iniciativas de divulgação do serviço de Acolhimento Familiar, entre elas colocação de outdoors, distrição de flyers em todas as escolas do 1º ciclo e supermercados, spots de rádio, entre outros meios.

O serviço de Acolhimento Familiar da Mundos de Vida tem como padrinhos os apresentadores de televisão Jorge Gabriel e Sónia Araújo que, desde o início, há sete anos, têm contribuído fortemente para a divulgação deste projeto.

Com esta campanha de marketing social, a instituição de Lousado, tem como objetivo alargar a sua Bolsa de Famílias de Acolhimento, como forma de caminharmos no sentido de dotar o país de mais recursos que possam permitir uma diminuição da institucionalização e uma aproximação com as boas práticas internacionais.

A Mundos de Vida é uma instituição que trabalha pela infância, numa quadro de cooperação com a Segurança Social e com o apoio da Rede “Procuram-se Abraços” constituída por várias dezenas de entidades, municípios, CPCJ, estabelecimentos escolares e da saúde e empresas.

 

O Acolhimento Familiar em Portugal

 

Em Portugal, apesar de ser uma medida prevista na Lei, o Acolhimento Familiar está muito aquém da média de outros países europeus, nomeadamente Espanha, onde a maioria das crianças que se encontram afastadas das famílias biológicas, estão em famílias de acolhimento.

De facto, em Portugal, 95% das crianças com medidas de acolhimento (8.938 crianças, em 2011) estão colocadas em instituições e apenas 5% das crianças vivem no seio de uma família de acolhimento. Em Espanha, 32% das crianças vivem em famílias de acolhimento, em França são 61% e esse número em Inglaterra sobe para 72%.

No nosso país, a Mundos de Vida é a única instituição que possui um serviço especializado de Acolhimento Familiar. No distrito de Braga, atualmente existem 21 famílias de acolhimento e 32 crianças acolhidas, enquanto no distrito do Porto, a Mundos de Vida tem 14 famílias e 20 menores acolhidos.

Até hoje, já foram acolhidas, através deste serviço da Mundos de Vida, mais de 70 crianças em situação de risco.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *