Borba, Cultura, Educação

Exposição Educação+ Financeira em Borba

Exposição_Educação Financeira (1)O Município de Borba acolhe, desde ontem até dia 07 de março, no Palacete dos Melos, a exposição interativa Educação+ Financeira, promovida pela Universidade de Aveiro e pela Caixa Geral de Depósitos, através do Projeto Matemática Ensino (PmatE).

O projeto Educação+ Financeira tem como principal objetivo sensibilizar, estimular e mobilizar os jovens, com idades entre os sete e os dezassete anos, para as questões da educação financeira. Este projeto consta, basicamente, de uma exposição itinerante com atividades interativas, jogos e conteúdos didáticos, que colocam os visitantes perante desafios, confrontando-os com as escolhas relativas à gestão do seu dinheiro no dia-a-dia – ganhar, gastar, poupar e investir.

A exposição interativa Educação+ Financeira destina-se, essencialmente, a ajudar os mais jovens a adquirir os conhecimentos e as competências necessárias a um desempenho consciente, esclarecido e responsável na hora de tomar decisões de índole financeira.

A exposição é modular e apresenta conteúdos adaptados às diferentes faixas etárias, que dão ênfase à experimentação e ao jogo. Composta por três módulos com jogos interativos e conteúdos adaptados aos diferentes níveis de ensino, esta exposição constitui uma forma de estimular os visitantes para a exploração didática dos temas da educação financeira, de forma sistemática e continuada.

A exposição interativa Educação+ Financeira pode ser visitada no Palacete dos Melos, em Borba, de 05 a 07 de março, entre as 09.00h e as 13.00h e entre as 14.00h e as 18.00h.

A par desta iniciativa, decorreu ontem, pelas 18.00h, no Palacete dos Melos, a Conferência “Educação Financeira: é comigo?”, dirigida por Sérgio Cruz, do Projeto Matemática Ensino da Universidade de Aveiro. Esta atividade está inserida no Ciclo de Conferências “Construindo uma Educação+ Financeira”, integradas no âmbito do Projeto Educação + Financeira. O objetivo desta conferência passou pela sensibilização para a importância da educação financeira e toda a sua problemática, e foi principalmente destinada às entidades que têm um papel determinante na melhoria do nível de educação financeira dos indivíduos, nomeadamente professores, pais, autarcas, gestores e dirigentes associativos, entre outros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *