Cultura, Sintra, Turismo

Festival Internacional de Artes Performativas em Sintra – Periferias

A 2ª edição do “Festival Internacional de Artes Performativas em Sintra – Periferias”, organização do Chão de Oliva, em parceria com a Câmara Municipal de Sintra, volta em março, para anunciar a primavera. A não perder, de 7 a 17 de março!

 

Com um formato mais compacto mas contando com o mesmo número de espetáculos da edição anterior, e mantendo a variedade tanto quanto às propostas artísticas, como às proveniências geográficas, a 2ª edição do Periferias contará com grupos vindos de vários pontos do país, assim como mantém a sua ligação ao mundo lusófono com a participação representações de Moçambique, do Brasil. Representantes de Macau e da Bélgica estarão igualmente presentes.

 

No dia 7 de março, pelas 21H30, na Casa de Teatro de Sintra, e a abrir a série de espetáculos, o Grupo Lareira, Arte e Comunicação, apresentará “A cavaqueira do poste”, de Sérgio Mabombo. É um regresso, pois este foi o espetáculo mais votado pelo público, na 1ª edição do Periferias.

 

Nesse mesmo dia, às 18H00, o grupo animará  outra cavaqueira informal no Café Saudade, sobre o espetáculo que trazem de Maputo e o teatro em Moçambique.

 

A abrir o Periferias, será inaugurada na Vila Alda, a 6 de março, pelas 18H00, uma exposição sobre este festival, suas origens e percurso até à presente edição. Fica patente ao púc«blico até 25 de março.

 

Programação:

7 março, 21h30

“A Cavaqueira do Poste”

Teatro pelo Grupo Teatral Lareira – Maputo, Moçambique

Calvino (cego) e Tendeu (de braços amputados) são dois mendigos,

que têm como sua casa um poste e vivem naquele local com a

esperança de que um dia volte para ali, o milionário Drumond Galaska,

o qual dizem ter lhes prometido tirar da pobreza.

Local: Casa de Teatro de Sintra

 

 

 

 

 

 

 

8 março, 21h30

“O Funâmbulo”

Marionetas pelo Alma D’Arame – Montemor-o-Novo, Portugal

De caráter experimental, este trabalho pretende fazer uma ligação

entre dois universos, bem distintos: o do teatro de objectos e de

marionetas com o universo da música experimental electro – acústica.

O projeto inspira-se num episódio verídico em que um funâmbulo

(equilibrista) de nome Karl Wallenda, na tentativa de atravessar dois

prédios em San Juan, Porto Rico.

Local: Casa de Teatro de Sintra

 

8 março, 21h30

“A Cavaqueira do Poste”

Teatro pelo Grupo Teatral Lareira – Moçambique

Local: Teatro Eduardo Brazão, Bombarral

 

9 março, 11h00

“Salamaleques”

Teatro pelo Teatro Extremo – Almada, Portugal

Um contador de histórias árabe conta uma lenda que narra a história

de amor entre um rei e uma donzela do longínquo norte. À medida que

o contador de histórias vai desenvolvendo o fio condutor desta lenda, o

seu próprio imaginário transporta a sua narração para um outro conto

sobre ladrões, sábios, tesouros e encantamentos…

Local: Palácio de Monserrate

 

9 março, 21h30

“Mal-Empregados”

Teatro pelo D’Orfeu – Associação Cultural – Águeda, Portugal

É um espetáculo pseudo-sério, pseudo-cómico,

absurdo qb e tendencialmente minimal. Dois atores-músicos,

aparência por decifrar , desafiam-se, revezam-se, fartam-se, tentam sempre outra coisa.

Local: Casa de Teatro de Sintra

 

10 março, 15h00

“Histórias do Zé Broa”

Marionetas pelo Alma D’Arame – Montemor-o-Novo, Portugal

Visando um público infanto-juvenil, “As histórias do Zé Broa”

pretendem reconstituir um curioso dispositivo de autoria de Manuel

Rosado, marionetista popular famoso pelo seu Pavilhão Mexicano com

que percorria as feiras portuguesas em meados do século passado.

Local: Palácio de Monserrate

 

 

 

 

 

 

10 março, 21h30

“Mentes e Sonhos”

Teatro pelo Grupo Teatral Lareira – Maputo, Moçambique

No actual cenário de conflitos armados em África, diferentes

mentalidades convergem para o mesmo sonho: Escapulir para terras

distantes que tenham alguma acalmia. Neste cenário, Mazuze, pretende cumprir com a promessa de dar enterro ao seu irmão Crespim Luciano Crespo.

Local: Casa de Teatro de Sintra

 

14 março, 21h30

Fernando Ferreira ao vivo

Música

Após o lançamento do seu cd de estreia intitulado Mestiço, onde reúne

canções que traduzem as suas influências musicais e origens africanas

numa perspetiva worldmusic, Fernando Ferreira cria propositadamente

para o Periferias um espetáculo a partir deste seu primeiro trabalho.

Local: Casa de Teatro de Sintra

 

15 março, 21h30

“ETC”

Marionetas pela S.A. Marionetas – Alcobaça, Portugal

Pequenas histórias de um lugar onde os seus habitantes vivem as

mais variadas peripécias. A inocência das ações resulta em momentos

hilariantes de humor vividos pelas personagens esculpidas em esponja.

Local: Casa de Teatro de Sintra

 

16 março, 11h00

“Mamulengo Tradicional”

Marionetas pelo Mamulengo Riso do Povo – Lagoa de Itaenga, Brasil

Como qualquer outro mamulengo, o espetáculo do Riso do Povo é

uma sucessão de passagens ou cenas, que são costuradas pela

maestria do Personagem Simão, apresentador, herói e anti-herói da

“brincadeira”, expressão usada pelos artistas populares quando se

referem ao seu espetáculo.

Local: Vila Alda

 

16 março, 15h00

“A Festa da Rosinha Boca Mole”

Marionetas pelo Mamulengo da Folia – São Paulo, Brasil

O Coronel Liborio celebra o casamento de sua filha Rosinha Boca

Mole com o vaqueiro Benedito. Para o acontecimento, uma grande festa

é realizada. E eis que o conflito se estabelece…

Local: Vila Alda

 

 

 

 

16 março, 21h30

“Comfort Zone”

Performance pela Inestética – Vila Franca de Xira, Portugal

A série de 3 curtas performances Comfort Zone é, por oposição ao

próprio título, um espaço de transgressão onde a palavra “sofá” será

definitivamente substituída pela palavra “cadeira”.

Local: Casa de Teatro de Sintra

 

17 março, 17h00

“Jardim, Testemunha de Amor”

Música com Isabel Moreira e Paul Timmermans – Sintra, Portugal

A procura de beleza leva-nos a encontrar na natureza o local perfeito

para namorar. Ela é testemunha silenciosa do primeiro beijo, da

melancolia, do erotismo.

Local: Palácio de Monserrate

 

Informações:
www.chaodeoliva.com

Reservas: 21 923 37 19

Horário: qui-dom, 21h30

Preço:  € 7,50 (normal); €  5 (<25 anos e >65 anos; 5 pessoas ou mais); € 15 Bilhete-Passe (válido para 3 espetáculos); descontos para cartão-amigo, protocolos.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *