Educação, Santa Maria da Feira

Parlamento dos Jovens do Secundário reúne-se na Feira para falar de Emprego

Cerca de 140 alunos de escolas secundárias do distrito de Aveiro reúnem-se, dia 12 de março, entre as 9h00 e as 18h30, na Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira, para a sessão distrital do Parlamento dos Jovens do Secundário, subordinada ao tema “Os Jovens e o Emprego: Que Futuro?”. Uma iniciativa da Assembleia da República, promovida pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), com o apoio da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira.

 

Neste encontro, jovens de 31 escolas secundárias, sediadas no distrito de Aveiro, assumem, de forma ativa e real, o papel de agentes políticos, fomentando uma das dimensões da participação cívica e política no território que representam.

 

Seis deputados representam o Concelho

Para além de acolher esta iniciativa, o Município de Santa Maria da Feira terá uma participação ativa neste projeto, tendo representadas duas escolas e seis estudantes no Parlamento dos Jovens. Do Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas assumirão funções de deputados efetivos os alunos André Carvalho e Eurico Alves. Jorge Vinagre será suplente. Da Escola Básica e Secundária Coelho e Castro, de Fiães, serão deputados efetivos os alunos Ruben Almeida e Joel Santos, sendo suplente Job Silva. Marco Marques e Manuel Oliveira, respetivamente, são os professores responsáveis.

Refira-se, a título de curiosidade, que os alunos do curso de Pastelaria da EB 2,3 de Arrifana, Santa Maria da Feira e do curso de Pastelaria e Serviço de Mesa da EB 2,3 de Argoncilhe também darão o seu contributo para este encontro, através da confeção dos doces do coffe-break.

 

Incentivar a participação dos jovens

O programa Parlamento dos Jovens visa incentivar o interesse dos jovens pela participação cívica e política; sublinhar a importância desta participação para a resolução de questões que afetam o seu presente e o futuro individual e coletivo, fazendo ouvir as suas propostas junto dos órgãos do poder político; dar a conhecer o significado do mandato parlamentar e o processo de decisão da Assembleia da República, enquanto órgão representativo de todos os cidadãos portugueses; e incentivar as capacidades de argumentação na defesa das ideias, com respeito pelos valores da tolerância e da formação da vontade da maioria.

 

De referir ainda que o mesmo programa, mas dirigido aos alunos do ensino básico, também conta com a participação ativa dos alunos das EB 2,3 de Canedo, Lobão e Escola Básica e Secundária Coelho e Castro, de Fiães. A sessão distrital, destinada a este nível de ensino, terá lugar no dia 11 de março, no auditório do Museu Marítimo de Ílhavo.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *