Educação, Estarreja

Crianças aprendem a respeitar o ambiente na Quinta do Marinheiro em Estarreja

DSC_0050ssA Câmara Municipal promove atividades de sensibilização ambiental no Moinho de Meias, localizado na Quinta do Marinheiro, junto à Casa-Museu Egas Moniz, em Avanca.

 

Orientados pelo Setor de Serviços Urbanos e Ambiente, os ateliês tiveram início em novembro de 2012 e decorrem até maio, envolvendo um total de 1255 alunos do pré-escolar, do 1º ciclo do ensino básico e das IPSS do concelho de Estarreja.

 

 

Ano Letivo 2012/13 – Atividades

 

Valorizar o Recurso Água (3º e 4º anos do 1ºciclo – novembro a fevereiro)

– Sensibilizar os participantes para a importância da água, como recurso essencial à vida, explicando as suas caraterísticas, propriedades e o seu ciclo, revelando algumas curiosidades e fazendo experiências;

– Abordar as diferentes fontes de poluição;

– Dar a conhecer pequenos gestos que permitem minimizar a poluição causada pelo homem;

– Recolher amostras de água do rio;

– Realizar testes simples: cheiro, cor, pH, oxigénio dissolvido, condutividade e temperatura.

 

O solo conta Histórias (pré e 1º ano do 1º ciclo – novembro a maio)

Aparentemente o solo que pisamos todos os dias sempre cá esteve, com o aspeto que vemos hoje, inalterável. Nada mais falso. O solo conta-nos a história da terra, que importa perceber para preservar. Nesta ação é realçada a necessidade de compostar para melhorar a estrutura e qualidade do solo.

 

Ateliê de Reciclagem de Papel (pré, e 1º ano do 1º ciclo – fevereiro a maio)

As crianças podem fazer papel reciclado manualmente, interiorizando o conceito da reciclagem de uma forma concreta, praticando. Este tipo de atividade constitui uma forma diferenciada de estimular/motivar a comunidade escolar a tratar a temática dos resíduos, fazendo elas próprias folhas de papel que posteriormente utilizarão das mais variadas formas.

 

Sabores de antigamente (pré-escolar – fevereiro a abril)

A utilização do chá é uma tradição popular, através do qual se procura remédio para maleitas comuns. Ao longo da atividade os participantes vão ter a oportunidade de identificar as principais plantas aromáticas e medicinais utilizadas e principais aplicações medicinais, além de cheirar os diferentes aromas das plantas. Pretende-se promover a utilização do chá e as suas mais-valias para a saúde humana e valorizar as plantas aromáticas (semeadas na Quinta do Marinheiro).

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *