Sociedade, Vila Real de Santo António

Mata Nacional das Dunas Litorais de Vila Real de Sto. Ant.º volta a receber novas árvores

Cartaz_ Florestar Portugal_2 de MarçoA Mata Nacional das Dunas Litorais de Vila Real de Santo António recebe mais uma ação de reflorestação, aberta a toda a comunidade, no dia 2 de março (sábado), com ponto de encontro no Parque de Merendas do Camaleão (VRSA), às 14h30.

 

A jornada dá seguimento ao projeto «Floresta Comum», que estabeleceu como meta a plantação de 3000 novos pinheiros na mata nacional, até ao final de 2013, renovando este espaço verde inserido na Rede Nacional de Áreas Protegidas e na Rede Natura 2000.

 

No dia 2 de março serão plantados mais 300 pinheiros-mansos (pinus pinea), em colaboração com as diversas entidades parceiras, nomeadamente o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), onde se inclui a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e VRSA.

 

Prevê-se também a participação e colaboração do grupo de Sapadores Florestais, do Banco de Voluntariado de VRSA, dos jovens do projeto «Escolhas Vivas», do grupo de Escoteiros n.º 60 de VRSA, entre outras associações locais e regionais que queiram participar.

 

Localmente, o projeto «Floresta Comum» envolve ainda a participação dos alunos do concelho, no âmbito das ações ambientais desenvolvidas em contexto escolar, nomeadamente o «eco-escolas», através do qual será criada sinalética com informações relativas às espécies plantadas.

 

A Mata Nacional das Dunas Litorais de Vila Real de Santo António assume um papel de proteção desta região, funcionando como meio de fixação do sistema dunar, controlando os ventos marítimos e abrigando fauna selvagem. Atualmente, desempenha uma importante função social, sendo frequentemente utilizada para a prática desportiva.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *