Sociedade, Tomar

A aldeia que constrói sozinha um dos maiores corsos de Carnaval do Médio Tejo – Tomar

Pelo 23º ano consecutivo a aldeia da Linhaceira, no concelho de Tomar, realiza o seu corso de Carnaval, uma iniciativa que veio dar mais visibilidade à antiga tradição do Entrudo, que sempre teve ali grande expressão.

É o único corso não espontâneo do concelho e um dos poucos que se vão realizar na região do Médio Tejo e concelhos limítrofes, sendo por isso, com os seus vinte carros alegóricos e centenas de participantes, um espectáculo a não perder.

A festa começa já amanhã, quinta-feira, pelas 21 horas, com uma cerimónia “comunitária”: o desenterro do Carnaval, no local onde fora enterrado há um ano atrás.

As actividades “oficiais” desenrolam-se a partir das 15h30 de sábado, altura em que decorrerá o desfile de Carnaval infantil. Nessa noite realiza-se também o primeiro dos quatro bailes que vão dar música à aldeia, e que incluirá a apresentação do rei e rainha do evento deste ano.

Domingo será o dia principal da iniciativa, com o corso a percorrer as ruas da aldeia a partir das 14h30. Além dos participantes locais e das aldeias vizinhas, que constroem de raiz os seus carros e as suas fantasias, estarão ainda presentes a Fanfarra dos Bombeiros de Torres Novas e o grupo Moviritmo da Escola Luís de Camões de Constância.

Na segunda-feira haverá apenas baile, que incluirá o já tradicional concurso de fatos de papel. E na terça, que é sempre feriado na Linhaceira, a tarde estará por conta dos mais destemidos na imperdível e divertidíssima Porcalhada. À noite, encerra-se o ciclo dos bailes com a eleição do melhor mascarado.

Na quarta, nova cerimónia “comunitária” com o enterro do Carnaval.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *