Educação, Estarreja

Bibliotecas Escolares: Estarreja desenvolve um bom trabalho de parceria

DSC_0020ssA coordenadora nacional do Programa da Rede de Bibliotecas Escolares, leva de Estarreja a “experiência de um bom trabalho integrado entre a biblioteca pública e as escolares”. Teresa Calçada visitou ontem as bibliotecas da EBI de Pardilhó, da Escola Secundária e a Municipal de Estarreja (BME), para ficar a conhecer o trabalho desenvolvido e em desenvolvimento por parte da Rede Concelhia de Bibliotecas de Estarreja (RBE).

 

A responsável veio encontrar “uma rede colaborativa que assenta num empréstimo entre bibliotecas, numa partilha, num catálogo que é gerido em comum. É como deve ser e quando se vê uma coisa como deve ser, é um contentamento”, exprimiu.

 

Na análise da coordenadora, este é um caso “em que a biblioteca pública e as bibliotecas escolares são parceiras, trabalham em conjunto, constituem-se como rede concelhia, têm suportes informáticos e de gestão de informação comuns”. Durante a visita à BME, onde presenciou a adesão dos utentes de várias idades, Teresa Calçada realçou que “as autarquias são heroicas porque não deixam cair um equipamento”.

 

A coordenação da RBE é feita pela Biblioteca Municipal que tem apoiado e colaborado com as Bibliotecas Escolares em prol do enriquecimento do catálogo coletivo, onde se disponibiliza o acesso à bibliografia existente nas várias bibliotecas do concelho.

 

Neste âmbito, a BME faz um trabalho técnico de proximidade com as escolares para apoio e esclarecimento de dúvidas bem como ações de formação internas baseadas na catalogação de monografias e DVD.

 

A colaboração estende-se ainda à formação a assistentes operacionais sobre a utilização de software e novas tecnologias, em parceria com o Centro de Formação Intermunicipal de Estarreja, Murtosa e Ovar. Está ainda a ser trabalhado um portal da Rede de Bibliotecas de Estarreja, que permitirá divulgar todo o trabalho realizado.

 

Bibliotecas de excelência

 

Concluídas as obras de requalificação da Escola Secundária de Estarreja, o concelho passou a dispor de cinco excelentes bibliotecas escolares integradas na rede nacional: Escola Secundária,  EBI Padre Donaciano de Abreu Freire, EBI de Pardilhó, EB 2,3 Prof. Dr. Egas Moniz de Avanca e EB1 das Laceiras, que ficará com novas instalações no novo Centro Escolar EBI a Sul do Concelho – Salreu. Estas e a Biblioteca Municipal (e os seus dois polos Avanca e Pardilhó) constituem a Rede Concelhia de Bibliotecas de Estarreja (RBE), dispondo de amplos espaços que são o centro de uma dinâmica integradora e que, crescentemente atrai mais leitores.

 

A Câmara Municipal, neste trabalho de parceria com o Ministério da Educação, tem colaborado na requalificação dos espaços físicos (Avanca, Padre Donaciano e Laceiras), no apoio técnico e tecnológico e no apetrechamento dos fundos documentais, de que é exemplo o apoio financeiro de 16.100,00€, no âmbito do Protocolo do Plano Nacional de Leitura, assinado em 9 de outubro de 2008, visando a aquisição para as bibliotecas escolares de conjuntos de livros destinados a leitura nas salas de aula e nas demais atividades curriculares, e que têm vindo a ser atribuído faseadamente nos últimos anos letivos.

 

Frutos dessas dinâmicas estão constituídos projetos para o desenvolvimento da literacia, promoção da leitura e planos de atividades articulados.

 

A deslocação de ontem começou com a participação da Oficina de Leitura “VirusL” da Escola Básica Integrada de Pardilhó, que deleitou alunos, professores, encarregados de educação e demais visitantes, terminando com uma reunião do Grupo de Trabalho Concelhio na Escola Secundária.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *