Castro Verde, Cultura

Entrudanças 2013: Sonoridades do mundo são proposta para um Carnaval diferente em Castro Verde

 Cartaz Entrudanças 2013De 8 a 10 de fevereiro, Entradas prepara-se para viver mais um Festival Entrudanças, que, nesta edição, cumpre dez anos de existência. Uma iniciativa que se desenvolve em torno da comunidade local, e que convida a usufruir de uma programação diversificada que, durante três dias proporciona bailes, concertos, oficinas de dança, oficinas de instrumentos, cante alentejano, atividades para famílias e crianças, animação de rua, gastronomia local e ambiente marcam este festival que convida à folia e à dança.

 

Na edição deste ano, o Entrudanças traz a palco vários grupos musicais que, entre concertos e bailes, fazem a festa neste festival que propõe um Carnaval diferente e alternativo em Castro Verde, onde a tradição se mistura com as sonoridades musicais de vários pontos do globo.

 

Tazzuffé um grupo de nova música de raiz, que surgiu no final de 2006 em Barcelona, quando um conjunto de jovens músicos, provenientes de várias esferas musicais, se uniu em torno de um desejo comum: a construção de um repertório com base numa linguagem inteiramente instrumental e tradicional. O grupo de músicos apostou num repertório pessoal, composto por novos sons, que fomentam a dança a partir de diferentes estilos musicais. Tazzuff atua no Entrudanças, no dia 8 de Fevereiro, a partir das 01h00, no palco do Centro Recreativo de Entradas, convidando à dança e à diversão.

 

O Duo português String Fling, é outro dos nomes em destaque neste Entrudanças 2013. Originário de Lisboa e composto por Pedro Prata e David Rodrigues, o duo resulta de uma improvável, mas cúmplice, união de duas guitarras e um ocasional uquelele. Caracterizado por uma sonoridade muito própria e inovadora, este duo transmite a sua paixão pela música de inspiração tradicional em cada acorde de cada xotiça, círculo circassiano, chapelloise ou mazurka que toca.
Um projeto que promete espalhar sorrisos, boa energia e alegria de dançar e que atua em dois momentos do festival.

 

Paulo Pereira, Winga, Vasco Ribeiro Casais e Marta Coutinho são Adamastor Remix. Um projeto musical entre a Índia e Portugal, passando por África, que propõe a celebração do que é nosso através da universalidade da Diáspora. Uma viagem musical de tributo a Vasco da Gama e a Camões, que parte da Europa, calcorreia os interstícios de Africa para chegar ao continente Asiático, composta por um repertório que oscila entre o eletrónico e o tradional. Uma proposta musical a não perder no sábado, 9 de Fevereiro, a partir das 22h30.

 

Da combinação de composições originais com interpretações de temas tradicionais portugueses, surge OiO, um baile neo-tradicional com duo musical e um dançarino animador, que apresenta um repertório com influências de Jazz, música irlandesa, nórdica, francesa, bluegrass e, pela natureza de alguns instrumentos, música antiga (barroca, renascentista e medieval). Neste Entrudanças 2013, o duo convida todos os presentes a embarcar numa viagem sem destino, mas com um caminho bem traçado, com partida no domingo, 10 de Fevereiro, a partir das 20h30, no Centro Recreativo de Entradas.

 

Propostas musicais a ter em conta nos três dias deste Festival, organizado pela Câmara Municipal de Castro Verde, Associação PédeXumbo e Junta de Freguesia de Entradas, em colaboração com as associações de tradição do concelho.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *