Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Encontro de Reis juntou 250 seniores da Póvoa de Lanhoso

Encontro de Reis 3Cerca de 250 pessoas participaram no V Encontro de Reis, que decorreu na Casa de Trabalho de Fontarcada, numa tarde de convívio e de animação, que também permite manter vivas tradições.

 

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, assim como a Vice Presidente e Vereadora, Gabriela Fonseca, assistiram a este evento, promovido pela Autarquia e desenvolvido em colaboração com as IPSS’s locais, para cujos utentes se destinou. Quando subiu ao palco para dirigir algumas palavras aos presentes e deu a notícia ainda recente de que a Organização Mundial de Saúde aceitou a candidatura da Póvoa de Lanhoso para integrar a Rede Global de Cidades ou Comunidades Amigas dos Idosos, Manuel Baptista foi aplaudido pela plateia. “Este é o reconhecimento do trabalho que temos vindo a desenvolver para os seniores”, considerou mais tarde, o Presidente da Câmara.

 

Para além de outras considerações, Manuel Baptista fez votos de que o Encontro de Reis se mantenha por muitos e bons anos e agradeceu o trabalho dos técnicos da Autarquia, “sem os quais não teria sido possível” aquela iniciativa. Já o Presidente da Casa de Trabalho de Fontarcada, entidade anfitriã, agradeceu as presenças de todos, de entre outros aspetos. O Padre Magalhães dos Santos desejou as boas festas e que aquela iniciativa seja para continuar.

 

Foram sete as instituições que, com as pessoas suas utentes, presentearam a plateia com as suas atuações, no dia 17 de janeiro. Assim, a Casa de Trabalho apresentou “Somos Estrelas”; a Associação “ASSIS” apresentou “Os reis da Assis”; a “Em Dialogo” através do (Centro Comunitário) apresentou “As Janeiras”; o Centro Teresiano de Verim e o Centro Social de Monsul apresentaram “Meu Jesus, tu Nasceste em Belém”; o Centro Social de Taíde apresentou “O orgulho da nossa aldeia”; a Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso apresentou “Os velhos mais novos do lar de S. José”; e o Centro Social de Serzedelo apresentou “Vimos de Serzedelo”. Os elementos das entidades que subiram ao palco receberam aplausos e foram acompanhados nos cantares pelas pessoas na plateia. Para além das entidades que, com os seus utentes, atuaram, ainda estiveram presentes os utentes do Centro Social e Paroquial de Sobradelo da Goma, do Centro Social e Paroquial de Garfe e da Comissão de Melhoramentos de Santo Emilião.

 

Augusta Araújo, 79 anos, de Verim, confessou que gostou muito do encontro. “Estou nas irmãs teresianas e juntámo-nos para ensaiar. Gostei muito muito muito de estar no palco a cantar”, referiu já no final. “Estas atividades devem ser mantidas porque as pessoas de idade, como eu, ganhamos vida com elas e não pensamos em coisas más”, concluiu. Jacinta Pinto, 75 anos, residente em Águas Santas, confidenciou que se sentiu “bem” quando subiu ao palco para cantar. “Estas atividades são de manter, porque saímos de casa, o cérebro fica bom e fazemos amizades. É um convívio bonito”, rematou. Representantes das entidades participantes receberam no final um certificado de participação.

 

No final das atuações e das intervenções, as pessoas na plateia, de forma espontânea, ainda presentearam os presentes com cantigas tradicionais e alguns ainda deram um pezinho de dança antes do lanche e do regresso às respetivas instituições. Todos os meses a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso promove atividades de animação sociocultural para os utentes das IPSS’s e Centros de Convívio. A próxima atividade está agendada para 11 de fevereiro, com as comemorações do Carnaval.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *