Estarreja, Sociedade

146 espécies de aves observadas no BioRia em Estarreja

Nem sempre o visitante tem a oportunidade de observar no terreno uma raridade como o pelicano-branco, o merganso-grande, a felosa-aquática ou a escrevedeira-pigmeia. Contudo, estas aves já foram vistas e fotografadas na zona natural do município de Estarreja. Essa informação é agora disponibilizada na página do BioRia na internet.

 

O sítio do BioRia apresenta no menu “Recursos” uma nova valência denominada “Aves no BioRia”, onde estão descritas por ordem alfabética todas as aves que já foram observadas na zona natural do Baixo Vouga Lagunar, num total de 146 espécies.

 

Com esta nova ferramenta os visitantes, para além de conseguirem ter acesso às fotografias das aves, podem obter informação pormenorizada sobre cada espécie, nomeadamente as principais características de identificação, abundância e calendário.

 

A listagem inclui ainda o histórico das espécies registadas no distrito de Aveiro e informação sobre o potencial de Estarreja para a prática da observação de aves, e descrição das espécies mais importantes, comuns e raridades.

 

Esta nova funcionalidade surge na sequência de uma parceria entre a Câmara Municipal e o Aves de Portugal, considerado o principal portal dos observadores de aves em Portugal e dos mais visitados a nível mundial, estando neste momento no 21º lugar a nível mundial no que diz respeito ao número de visitantes.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *