Cultura, Mangualde

Mostra de pintura em Mangualde

Mangualde acolhe, de 1 a 28 de fevereiro, a mostra de pintura de Isaura Figueiredo. Os trabalhos estarão em exposição na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e a entrada é livre. Os trabalhos em exposição poderão ser visitados dentro do horário de funcionamento da Biblioteca Municipal de Mangualde, ou seja, às segundas-feiras das 14h00 às 19h00, de terça a sexta-feira das 9h30 às 19h00 e aos sábados das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. Esta exposição é organizada pela Câmara Municipal de Mangualde, através do Gabinete de Gestão e Programação do Património e Cultura.

 

Isaura Maria Gouveia Pais de Figueiredo nasceu em Luanda (Angola) e é filha de pais Portugueses. Com a descolonização de Angola, veio para Portugal em 1975, para Mangualde, cidade de origem de meus pais. Foi em Mangualde que continuou a sua formação escolástica e onde completou o 11º ano na Escola Secundária de Mangualde. De seguida frequentou o Liceu Alves Martins em Viseu no curso de Artes Visuais. O gosto de desenhar um simples objeto, uma natureza morta ou um retrato, emergiu nela ainda em criança. Com a passagem do tempo foi desenvolvendo a segurança do traço e a arte de fazer trabalhos em carvão. Naturalmente, começou a surgir a necessidade da cor pelo que foi experimentando várias técnicas: lápis de cor, lápis de cera, aguarela, acrílico e óleo. Sempre considerou este seu gosto como um “hobby”, pelo que os seus trabalhos são, basicamente, pequenos quadros, normalmente réplicas de fotografias que lhe agradaram, pinturas que lhe seduziram pela sua mensagem ou cor e ajudas de decoração que, pontualmente, lhe foram solicitadas. Tem ainda a experiência de ter pintado barro, gesso, porcelana, tecido e tela. Em 2001, enquanto pintava em tela os quadros “Bailarina 1” e “Bailarina 2”, sentiu um forte desejo de abraçar e desenvolver este gosto pela pintura. Porém, só em 2007, encontrou a disponibilidade para trabalhar de modo mais regular. A técnica e a velocidade da “pincelada” foram crescendo com essa regularidade. Por enquanto não está preocupada com o género de pintura que faz. «Pinto porque gosto de pintar! Acredito que a minha tendência seja o surrealismo e o naturalismo», afirma a autora.

 

Participou em 2006 e 2007 em duas exposições coletivas promovidas pela USAMA (Universidade Sénior de Mangualde) na Biblioteca do Município de Mangualde, em 2008 numa exposição individual promovida pelo IPJ – Instituto Português da Juventude em Viseu e em 2010 numa exposição individual promovida pelo Município de Mangualde na Biblioteca Municipal.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *