Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Póvoa de Lanhoso quer ser território amigo das pessoas idosas

PRESIDENTE DA CAMARA MUNICIPAL POVOA DE LANHOSO MANUEL BAPTISTA 1O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, integra a delegação de representantes dos três municípios que vão hoje, dia 16 de janeiro à Organização Mundial de Saúde (OMS), na Suíça, entregar as respetivas candidaturas à Rede Internacional de Cidades Amigas dos Idosos.

 

O autarca povoense revela aguardar com expectativa o resultado desta candidatura. “Depois de o trabalho que temos vindo a realizar ter sido reconhecido em termos nacionais com a Bandeira de Autarquia Mais Familiarmente Responsável, acreditamos que também vamos conseguir esse reconhecimento em termos internacionais, pela OMS”, considera Manuel Baptista.

 

Esta candidatura à OMS para integrar a Rede Internacional de Cidades Amigas dos Idosos decorre da participação da Póvoa de Lanhoso como um dos municípios fundadores no projeto “Vencer o Tempo nas 7 Cidades”, que decorreu entre 2010 e 2012, promovido pela Associação Vencer o Tempo (Lisboa) e por sete Autarquias (Póvoa de Lanhoso, Alfândega da Fé, Angra do Heroísmo, Maia, Portimão, Vila Nova de Foz Côa e Vila Real de Santo António) com o apoio da Direção Geral de Saúde.

 

Sensibilizar, divulgar e implementar o conceito “Cidades Amigas do Idoso” em Portugal foi o principal objetivo deste projeto, que procura ser uma referência na sociedade, em relação aos valores sociais que defendemos e que precisamos de voltar a implementar, de forma inovadora, aliando, harmoniosamente, o meio e o indivíduo, num registo intergeracional.

 

O Município da Póvoa de Lanhoso integrou o Projeto “Vencer o Tempo nas 7 Cidades” de modo a reforçar a enorme determinação em atuar em rede e de forma inovadora junto daqueles que tanto têm para nos ensinar, constituindo-se, em simultâneo, como recursos ativos e positivos da nossa vida em sociedade e da nossa cidadania coletiva.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *