Cultura, Marinha Grande

Exposição “Figuras do 18 de Janeiro de 1934” na Marinha Grande

A exposição “Figuras do 18 de Janeiro de 1934”é inaugurada no próximo dia 18 de janeiro (sexta-feira), pelas 18h00, no Museu Joaquim Correia, situado no Largo 5 de Outubro, na Marinha Grande.

 

A mostra é organizada pela Câmara Municipal no âmbito das comemorações do 79 º aniversário da revolta. São apresentadas fichas de Registo Geral de Presos da Polícia de Vigilância e Defesa do Estado, de operários da Marinha Grande que foram presos e condenados pelo Tribunal Militar Especial, no seguimento da insurreição nacional de 18 de Janeiro de 1934.

 

A maioria destes marinhenses foi condenada entre três a 20 anos de prisão, ao pagamento de pesadas multas e à perda de direitos políticos (entre cinco e 12 anos).

 

A insurreição nacional levada a cabo em 18 de Janeiro de 1934 resulta indiretamente de um longo processo de luta social e sindical pela melhoria das condições de vida da classe trabalhadora e surge especificamente como movimento nacional de contestação à ofensiva corporativa contra os sindicatos livres, por força do recém-publicado “Estatuto do Trabalho Nacional e Organização dos Sindicatos Nacionais”, em setembro de 1933, pelo Estado Novo.

 

Em articulação com as organizações sindicais nacionais, o movimento foi liderado por José Gregório, Teotónio Martins, Manuel Baridó, António Guerra, Pedro Amarante Mendes, Miguel Henrique e Manuel Esteves de Carvalho.

 

Aquele que visava ser um movimento que paralisasse as fábricas da Marinha Grande, acabou por ser contido pelas forças policiais e foram encetadas buscas e detenções dos que participaram no movimento.

 

A exposição “Figuras do 18 de Janeiro de 1934” pode ser vista até 9 de fevereiro, no Museu Joaquim Correia, de terça-feira a sábado, das 10h00 às 18h00. A exposição insere-se num programa mais vasto organizado pela Câmara Municipal e pelo Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Vidreira.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *