Cultura, Estremoz

Estreia nacional de “Morreste-me” em Estremoz

Nos dias 19 e 20 de janeiro, no Teatro Bernardim Ribeiro, irá realizar-se a estreia nacional do monólogo “Morreste-me”, de José Luís Peixoto, com Sandra Barata Belo.

Morreste-me é uma declaração de amor para um pai, para uma família. Para todos os que são vítimas desta doença. O cancro.

É uma declaração de amor para os que nos deixam e para os que ainda estão connosco. Para aqueles que sabemos, que quando nos faltarem, o nosso coração ficará só a metade.

Em tempos como os de hoje, de um Portugal deprimido quase abandonado, onde muito pouco nos faz sentido: seja pela crise económica, de valores, seja pela ausência de fé e confiança – escolher este texto é ir ao encontro da nossa identidade. É reforçar a importância das pessoas que nos rodeiam, os valores transmitidos pela família. O amor. O amor é acima de tudo o que nos move. As pessoas que fazem parte de nós, são sobretudo, a nossa motivação de vida. Quando alguém nos morre temos de nos refazer. Quando vemos alguém de nós a morrer devagarinho, morremos também a cada dia. E ao lado deste sofrimento atroz vemos a coragem, a força, a entrega.

A estreia será no dia 19 de janeiro, pelas 21h30 e terá nova sessão no dia 20 de janeiro, pelas 16h00, sendo o preço dos bilhetes de 10€.

Para mais informações e reservas, contactar a bilheteira do Teatro Bernardim Ribeiro, no horário normal de funcionamento, através do telefone 268339222.

Esta iniciativa é uma produção da Beladona com o apoio da Câmara Municipal de Estremoz e de outras entidades.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *